domingo, fevereiro 24, 2013

Hora de cortar!

Olha duas famosas que tinham cabelo longo e resolvera dar uma virada bem radical:
Quase toda minha vida tive cabelo longo, se não semi-longo, apesar de pouco e super fino, sempre preferi assim, mas ultimamente me deu muita vontade de cortar, só que isso acaba trazendo arrependimento, principalmente pra quem não faz isso com frequência, entretanto dessa vez prometo a mim mesma que não volto atrás. Claro que não vou cortar Joãozinho como as duas acima, se bem que tá super na moda e cabei de ver um programa de moda e tendências que abordou o assunto coincidentemente. Estive observando uns cortes lindos e selecionei estes:↓
Adorei todos, mas vou ter que me inspirar em um. Me ajuda!

sexta-feira, fevereiro 15, 2013

MAC ataca de novo!

Eu me rendo e confesso: se há uma marca de cosméticos que sempre tá inovando nas coleções e põe mesmo pra seduzir é a MAC! Apesar do preço exorbitante (na minha humilde opinião), a gente quer enlouquecidamente ter todos os lançamentos de coleções, porque uma é mais linda que a outra. Olha essa que tá pronta pra sair, em alguns países já saiu.
Linda demais, né? Parece que a marca adora se divertir e lança essas lindezas pra gente ver e dizer, quero, quero, quero! Inspirada na HQ não popular por aqui, mas nem por isso linda Archie's girls: Betty e Veronica
A campanha:
A coleção:
 O que dizer mais? Linda. fofa, desejável!

quarta-feira, fevereiro 13, 2013

Estampa


Sou apaixonada por estampas, mas adoro duas em especial, bolinhas (poás) e listras, necessariamente nessa ordem.
As tradicionais pretas com branco são as mais clássicas e as que mais chamam a atenção. A preferência é na horizontal, se deixam a pessoa mais gorda ou não, pra mim é lenda, porém, as listras nessa forma são as mais bonitas.
The Breton Top (aka marinheiro)
Na década de 30 a grande dama da moda Chanel desenhou a blusa listrada que ganhou espaço no seu guarda-roupa e claro, ela não ia deixar em segredo. e até hoje é peça básica e linda pra compor um look simples, porém acertadíssimo. Nessas fotos, tanto no passado quanto no presente, elas continuam em alta, prova disso é a blusa da modelo Alessandra Ambrósio e a de Audrey Hepburn que parecem ser idênticas.
As listras e as cores, embora lindas, as clássicas cores preto e branco se destacam, sem sombra de dúvidas.
Na imagem de abertura do post, a atriz é Jean Seberg, no filme Acossado, de 1960. Ela usa e abusa das listras nesse filme e as composições são lindas.

terça-feira, fevereiro 12, 2013

Jean Shrimpton

Final de semana passado assisti ao filme We'll take Manhattan na HBO. Filme que conta a história da primeira modelo icônica, a britânica Jean Shrimpton.
Incrível o início da carreira da modelo e o caso com o fotógrafo David Bailey que a descobriu na década de 60 e como o conceito de moda em meio as fotos da Revista Vogue mudaram quando ele travou uma briga feia com a editora de moda da famosa revista. Ela (editora) é uma megera. Será que todas são? Não chega aos pés de uma Miranda Priestley, mas é bem má e mandona, porém o rapaz não se curva às ordens severas da  mulher e resolvido a fazer o trabalho a seu modo, ele acaba por criar uma nova maneira de fotografar os editoriais de moda da época. A modelo se torna super famosa e ganha as capas da mais famosas revistas do mundo. Jean lançou Bailey como um grande fotógrafo e  ele por sua vez a lançou como a famosa modelo. Conhecida como "o camarão", ela recebeu super cachês por suas aparições, um maior que um concerto que a banda The Beatles fez na Austrália.
Jean, ícone de beleza da Swinging London da década de 60 na Inglaterra, é considerada a primeira supermodelo do mundo e passou a ser a modelo que mudou o rosto da moda.


terça-feira, fevereiro 05, 2013

Grandes papeis rejeitados

Eu acredito que quando algo tem de ser pra alguém será. Circunstâncias são criadas. Muitos atores jamais imaginariam que ao rejeitar um personagem num filme poderia lhe render arrependimentos. As razões, só eles podem saber, mas com certeza, quando o filme se torna um sucesso eles gostariam de ter dito sim Uma lista de atores que recusaram grande papeis e assim deram a chance de outros ganharem fama. só acho que depois a gente nem imagina o personagem sendo feito por outro ator. Kevin Costner não quis fazer Andy Dufresne em Um sonho de liberdade, Tim Robbins quis. Michelle Pfeiffer passou pra Jodie Foster de mão beijada o papel da agente Clarice Starling em O silêncio dos inocentes. Bette Davis achou que Scarlett O'hara não seria imortal e não quis o papel, enfim, uns não querem pra felicidade de quem resolver aceitar.
Começando por Sean Connery que recusou fazer o Gandalf da trilogia O senhor dos anéis, apesar da oferta salarial e outras regalia$ ele optou por não fazer e quem se deu bem foi Ian MacKellen.




Cary Grant que era um super galã lindo da época e recusou ser o primeiro 007 deixando pra Sean  Connery fazer o papel inicial do agente há 50 anos.




Will Smith não quis ser Neo na trilogia Matrix justificando que Matrix era difícil digerir, depois declarou que assistiu à performance de Keanu Reeves e que se tivesse feito o papel o  teria estragado.




Na época de Pretty woman a garota de rosa-shocking, Molly Ringwald era uma darling das empresas cinematográficas e Julia Roberts uma anônima, mas a primeira recusou um papel que ascendeu a carreira da segunda como um foguete.
Depois desse filme todo mundo sabe muito bem da vida profissional da Julia como foi.


Harrison Ford não foi de cara o escolhido por Steven Spielberg e George Lucas pra dar vida ao personagem de Indiana Jones em Os caçadores da arca perdida. O Magnum, que tava com a bola toda na época era a princípio o escolhido, bem, ele não quis e Ford brilhantemente desempenhou a papel.



John Travolta admitiu que passar o papel de Forrest Gump foi um erro.
E em 1994 comedy Tom Hanks protagonizou e ganhou estatueta e tudo. Dá pra imaginar o cara que rebolava nos embalos de sábado à noite sendo Gump?