segunda-feira, outubro 29, 2012

Downton Abbey

Eu simplesmente estou amando essa série britânica. O canal GloboSat HD apresentou a primeira temporada, mas eu já queria que aqui fosse como na Grã-Bretanha, que já está na terceira.

A série se passa em sua maior parte em uma propriedade fictícia, localizada em Yorkshire, chamada Downton Abbey e segue os Crawley, uma família aristocrática inglesa, e os seus criados, no início do século XX, a partir de 1912.
A primeira temporada começa com a notícia do naufrágio do Titanic, em 1912, que tem especial impacto sobre o destino de Downton Abbey. A criadagem da família é vasta e possui um elaborado sistema hierárquico, que passa por criadas, lacaios e mordomos.
É bem típica da Inglaterra do século 19 pra o início do 20, cheia de títulos aristocráticos e serviçais pra atender as famílias ricas e ligadas à realeza. Lacaios inconformados com sua posição, mocinhas lutando por casamentos e ainda por direitos femininos. As histórias claro, se misturam à da família Crawley e os empregados, dos mais simples aos que comandam a equipe de serviçais.
A temporada encerrou com o início da primeira guerra.
Nas tardes de segunda, o canal voltou a reexibir a serie mas, até agora nem sinal de que vai voltar. Tomara, senão é peregrinar nos downloads pra ver a seguinte temporada, porque realmente vale a pena.
Elizabeth McGovern, Michelle Dockery e Maggie Smith são os nomes mais conhecidos, porque o elenco, claro, é britânico, na temporada atual Shirley McLaine.
Recebeu o título de melhor minissérie no Emmy e venceu na categoria melhor minissérie ou filme para televisão no Globo de Ouro.

quarta-feira, outubro 17, 2012

De volta


Eu havia tomado e decisão definitiva: parar de blogar, mesmo depois de dez anos.
Tantos afazeres do trabalho, a falta de coisas interessantes pra postar, sem falar na tristeza de ver tanta gente querida que antes tinha blog e hoje simplesmente sumiu.
As trocas de visitas, dicas, as amizades que antes eram frequentes, enfim, tudo mudou, também, na internet tudo é efêmero, surgem uns pra outros caírem no esquecimento. O conteúdo dos blogs mudaram tanto, enfim, são justificativas que servem pra largar isso aqui.
Mais de um mês sem postar, dias sem sequer acessar, porém, resolvi voltar atrás e continuar com esse "diário virtual" que já me trouxe muitas alegrias.
Os tempos e os temas mudaram, mas pra quem bloga há mais de dez anos não é fácil largar de vez. É só um momento e a gente muda de ideia (ainda bem!)
LVeR aqui me tens de regresso (que brega essa frase!)