segunda-feira, junho 25, 2012

Cabelo

Desde crianças conhecemos a vida delas e queríamos ser princesas, viver um conto de fadas, mas nunca enquanto crianças observamos os detalhes que embelezam essas princesas tão lindas que achamos que só em desenhos mesmo. Que tal esse detalhe primordial que faz parte da beleza feminina? O cabelo que levamos horas e horas pra deixarmos como queremos ou sonhamos ter. Alguns dá pra imitar, outros nem nascendo de novo.
Branca de Neve: curtinho e pretinho com essas pontinhas enroladas, só com bobes como ela mesma dá a dica na foto. Tiara pra completar.
Já a Aurora, aka Bela Adormecida tem um cabelão loiro e  fabuloso que está super na moda. Liso com as pontas cacheadas pelo baby-liss. É a escova do momento.
A pequena sereia Ariel com esse cabelo vermelho e franjão super armado vai-se pegar o rumo com esses curls que estão em moda.
Cinderela vem de coque no alto na cabeça, de acessório essa tiara combinando com os detalhes do vestido e explore a franja.
A Bela pra encantar a Fera, usa esse coque chique no alto preso com elásticos coloridos e o restante do cabela solto, a frente meio ondulada é charme total, pra terminar enrola um pouco as pontas com bobes grandão pros cachos ficarem generosos.
Esse cabelão preto e super liso da Pocahontas é o sonho que nós temos, cabelo que não dá trabalho, fios disciplinados e no lugar, basta pentear e tá pronto! Dá pra fazer todo tipo de penteado com ele.
E a Rapunzel com esse cabelo que os profissionais sonham comprar pra fazer aplique? Lindo, loiro, quilométrico, imagina que tipos de tranças não se pode fazer. Tranças estão super na moda atualmente.
Jasmin e a fartura de pelos escuros, com esse rabo de cavalo bem estiloso, basta prender e dar um toque super charmoso com elásticos coloridos deixando meio fofo de um para o outro. Prontas pra arrasar!

terça-feira, junho 19, 2012

Leitura


O assunto é leitura. Li recentemente dois livros num curtíssimo espaço de tempo, porque mal me sobra tempo pra leitura que não seja didática. 
Movida pela curiosidade li em 24 horas um deles, A Cidade do sol de Khaled Hosseini, o mesmo autor de O caçador de pipas. A cidade do sol também é ambientado no Afeganistão e dessa vez narra a vida de duas meninas que vivem sob o drama  de terem nascido mulheres numa terra tão infeliz que não perdoa se nascer mulher.
A história começa num país ainda civilizado e cheio de progressos e oportunidades sem distinção de sexo. Numa Cabul moderna e livre, pra seguir seu curso até sofrer a invasão soviética e chegar nos dias atuais, passando pelo regime intolerante do Talibã.
As meninas são Mariam e Laila que mal vivem essa fase, pois logo são forçadas a se tornar mulheres submissas ao regime civil marital de um homem bígamo e muito mais velho que elas.
Mariam, vive com a mãe numa aldeia, pois é filha bastarda de um homem rico, porém covarde o suficiente pra não assumir a filha perante  todos. Uma semana após completar 15 anos perde a mãe e o "pai junto com as mulheres" decidem o futuro da menina dando-a em casamento a um homem de 45 anos, ela segue contra sua própria vontade com ele pra Cabul e lá é obrigada a se adaptar a sua mais nova e desgraçada vida. Após alguns abortos Mariam não consegue ter filhos, sofre calada e passa a ser hostilizada pelo marido Rashid. Proibida por ele  de se relacionar com as pessoas ao seu redor, ela vive reclusa em sua própria casa, sua vizinha dá à luz uma menina, Laila, Mariam contava com 19 anos. Mais tarde essas vidas vão se entrelaçar.
O tempo passa, em meio aos bombardeios num país já deplorável, por vezes  invadido e destruído Laila com 14 anos se salva, mas perde os pais, Mariam a acolhe em sua casa, cuida dos ferimentos, mas o marido diz que não vai sustentar ninguém e manda a própria esposa falar à menina que se ela quiser permanecer lá tem que se casar com o velho, sem saída, a menina aceita, pois não lhe restaria nada além de morrer antes de ser estuprada pelas milícias.
À princípio Mariam passa a odiar Laila, mas aos poucos elas se aliam, pois sabem que a vida de ambas é
infeliz e elas não tem ninguém a não ser elas mesmas. Laila dá à luz uma menina que por motivos óbvios é hostilizada por Rashid, isso faz com que Mariam passe a amar a menina, pois vê nela a vida que teve antes de perder a mãe e suas origens, enfim, uma história triste que vai prendendo o leitor até finalmente conhecer o destino das duas em meio a insanidade do regime Talibã e de um país completamente destruído que lutará pra se reerguer. Vale muito a pena. 

terça-feira, junho 05, 2012

MM - Diva

A loira favorita de de Hollywood. Se estivesse viva teria completado 86 anos semana passada, mas viveu pouco e a vida lhe deu a beleza que o mundo conheceu até a sua morte, porque morreu jovem ainda. A mais fotografada de todas as estrelas hollywoodianas, mesmo depois de tantos anos de morta, ainda causa inspiração e será eternamente lembrada. Suas fotos estão quase que diariamente presentes em todos os meios de comunicação. É musa, todas querem imitar suas poses, seu jeito que por mais que queiram, jamais chegam próximas da original Marilyn.
Linda, problemática e glamurosa até hoje continua sendo a estrela mais famosa de Hollywood. Mostrou que os diamantes são os melhores amigos das garotas, que suas curvas eram perfeitas, que sua voz era meio inocente e que podia conseguir tudo o que queria na vida, menos, segundo ela, ser feliz.
Começou como modelo, bem jovem, posava pros artistas desenharem as pin-ups. Se tornou um ícone da cultura nos anos 50's e inspirou Andy Warhol e Madonna.
Entre suas marcas favoritas eram Salvatore Ferragamo, Chanel, Bloomingdales. Saias tipo lápis, vestidos eram peças em seu guarda-roupa. Os acessórios eram as estolas de pele (coisas da época) pra compor a elegância.
Sempre com a imagem muito sedutora, ela também apostava em maquiagens peroladas, destacadas por cílios postiços, adorava de Max Factor, máscara e batons vermelhos da marca Guerlain. Seu legado continua vivo, na memória de muita gente, inclusive dos fãs e o misterioso trágico fim, naquele 5 de agosto de 1962, quando foi encontrada sem vida em sua casa em Brentwood. 






Seu jeito de ser, andar, vestir e fotografar é imitando por muitas estrelas contemporâneas.
Algumas fotos e capas de revistas com famosas como Angelina Jolie, Nicole Kidman, Madonna, Michelle Williams, Scarlett Johansson e outras. Todas querem ser Marilyn, mas só houve uma.

sábado, junho 02, 2012

As cores

Tão lindas! Tão tranquilas! Tão delicadas e comportadas!

Parece que as cores deram uma esfriada, se bem que o neon tá bem em alta ainda, mas o que se vê por aí são os tons delicados do pastel. Cores bem lindas, meio coisas de bebês. Algumas campanhas de marcas super famosas já anunciam toda essa beleza.↑

Mas o que mais me encanta nessa temporada são as calças Skinny ♥ de paixão! Todas bem coloridas assim:

Olha os visuais bem montados: ↑