sexta-feira, dezembro 07, 2012

A feiticeira

Quem é eternamente fã dessa série retrô? Euuuuu!
E sei que inúmeras pessoas também, nunca se cansarão de assistir as aventuras de Samantha e cia.
Esta semana foi lançada nos EUA uma nova biografia da atriz Elizabeth Montgomery, a intérprete de Samantha Stevens de A Feiticeira.
Escrita por Herbio Pilato, fã da série que se tornou amigo de Elizabeth, o livro recebeu o título de Twitch Upon A Star. Pilato já tinha publicado dois livros sobre a produção de A Feiticeira, os quais trazem dados biográficos da atriz. Mas em nenhum deles foram mencionados os detalhes que aparecem nesta nova biografia de Elizabeth (a atriz já tinha ganho uma biografia em 2005, com o livro Elizabeth Montgomery: a Bewitching Life, de Rita E. Piro).
Filha dos atores Robert Montgomery e Elizabeth Allen, Elizabeth cresceu à sombra do pai. Quando ela tinha dezessete anos, seus pais se separaram. Elizabeth e seu irmão Robert foram morar com a mãe.
Segundo Pilato em entrevista ao jornal Daily Mail, a atriz passou a vida tentando impressionar o pai. Ele, por sua vez, parecia não gostar da decisão da filha de seguir a carreira artística. A busca pelo amor do pai levou Elizabeth a se envolver com homens mais velhos. Além de quatro casamentos, ela também teria mantido relacionamentos com Gary Cooper, com Dean Martin e com Alexander Godunov. [...]
Segundo Pilato, o pai de Elizabeth estava consciente da dependência emocional da filha por ele. Robert teria recusado o convite de Elizabeth para interpretar seu pai em A Feiticeira, papel que ficou com Maurice Evans. Quando ela estrelou o filme A Lenda de Lizzie Borden/The Legend of Lizzie Borden, no qual interpreta uma mulher acusada de assassinar os pais, Robert teria dito à filha acreditar que ela seria capaz de matá-lo. Segundo Pilato, Robert considerou o filme como uma mensagem para ele.
O livro também revela que Elizabeth não gostava de ser lembrada por A Feiticeira e não se relacionava bem com Dick York, o primeiro ator que interpretou seu marido. Isto porque, segundo Pilato, Elizabeth sabia que Dick estava apaixonado por ela, o que a deixava em uma situação desconfortável, já que ela era casada com o produtor da série. Com isso, a intérprete de Samantha também não tinha um bom relacionamento com Agnes Moorehead, que fazia Endora, sua mãe na série. Agnes era amiga de Dick e não gostou de vê-lo substituído por Dick Sargent, a quem ela teria destratado várias vezes, a ponto de levá-lo às lágrimas em certa ocasião.
Os fãs devem se lembrar que York deixou a série porque sofria de dores crônicas na coluna, um problema causado por um acidente durante a produção do filme Heróis de Barro/They Came To Cordoba. As dores o levaram a se tornar dependente de analgésicos. Com o passar dos anos, o problema se agravou. Segundo Pilato no livro The Bewitched Book, publicado em 1992, o ator deixou o elenco da série quando, após desmaiar durante as filmagens de uma cena, foi levado para o hospital. Os médicos desaconselharam o ator a continuar trabalhando, tendo em vista as horas de gravações e os esforços físicos aos quais ele se submetia diariamente. Assim, ele foi substituído por Dick Sargent, ator que originalmente estava cotado para interpretar o personagem. Os problemas na coluna levaram York a uma cadeira de rodas. Com enfisema, ele também ficaria dependente de um respirador até sua morte, em 1992, aos 63 anos.

Na entrevista ao jornal britânico, a imagem que Pilato passa de Elizabeth é de uma mulher carente e triste, o que reforça os comentários feitos por outros atores que a conheceram. Em entrevistas concedidas ao longo dos anos, Sally Field e Barbara Eden (que dividiram o camarim com a atriz na época em que estrelavam as séries Gidget e Jeannie é um Gênio, todas produzidas pela Columbia Pictures) disseram que Elizabeth era uma mulher que não gostava de conversar e frequentemente chegava ao estúdio mal humorada. Pilato diz que, no leito de morte, Elizabeth pediu para ficar sozinha no quarto, pois não queria que ninguém a visse quando ela partisse.
O livro Twitch Upon A Star já está disponível nas livrarias americanas. Ainda não há previsão de lançamento no Brasil.

Fonte: www.veja.com.br

15 comentários:

Iza disse...

Elizabeth era uma atriz ótima. Assistia A Feiticeira todas as noites, no Nick at Nite, quando eu era menor. Adorava. Gostava de Jennie é um gênio, Os Monstros, Familia Addams, Kenan e Kel, Um Maluco No Pedaço, etc. Adorei seu post.
Beijão <3

Ruby disse...

Muitas séries que você fala fizeram a infância de gerações e a gente vai levar pra sempre na memória.

Pedrita disse...

é ótima mesmo. adorei o post. esqueci de q cidade vc é. beijos, pedrita

Dayane Pereira disse...

Eu assisti mto essa série! Acho que série boa mesmo é série antiga viu... a gente não se cansa de assistir, e o humor era diferente de hoje.. funcionava mto bem!

Dama de Cinzas disse...

Muito interessante saber mais sobre essa atriz, que fez uma série que fez parte da infância de muita gente, inclusive a minha.



Beijocas

Bruxa do 203 disse...

Não lembro dos detalhes, mas assistia muuuito com os meus primos.

Ruby disse...

Concordo com você Dayane, essas séries antigas são legais, sorte quando a gente pega um canal que passa ainda.

Mary disse...

eu vi muitas coisas sobre a feiticeira, mas não assisti a série amiga, adorei os comentários que vc fez, me deixou mais interessada em conseguir ver alguns episódios.. eu amoro séries antigas, pena que nos sites que frequento estas séries são complicadas pra se achar.. tomara que eu dê mais sorte com a feiticeira.. beijos mil e ótimo domingo amiga..

M disse...

Minha mãe adorava essa série, e jeannie é um gênio tbm...
Eu assistia sempre com ela!

Já tinha ouvido que ela e o dick york não se davam bem... Fiquei impressionada com o que li aqui, não sabia que ela era tão carente e sozinha assim =/

Bjs.
Boa semana!

Lulu disse...

Amava A feiticeira. Qdo eu era criança queria ser a Tabatha filha dela hahahahaha
Big Beijos

Rubi disse...

Clássico! Perdi as contas de quantas vezes assisti esse seriado. Que legal que fizeram uma biografia da atriz.Prova que mesmo com o tempo, ela ainda não foi esquecida!

Lulu disse...

Voltei.
Convido vc pra participar da festa do meu blog que hoje comemora 9 anos. Big Beijos

Ruby disse...

Joa fui la e cedo, loira! Te parabenizei.

Suzane Weck disse...

Ola,adorei tua postagem pois sempre muito fã desta série e adorava sua protagonista.Um ótimo domingo e meu abraço.SU.

Mariana disse...

Eu assistia essa serie sempre com a minha irma por Nick, e me lembro que adorava os oculos de sol que a personagem usou num capitulo.
Comprei uns muito parecidos e estava feliz nesse momento :)