quarta-feira, dezembro 28, 2011

2012

Depois de presentes, ceias, rabanadas e tal  (me abstive de tudo), dei uma sumidinha daqui, mas volto, porque considero imporante finalizar as coisas.
Última semana de uma ano bala, nos preparamos pra iniciar outro, se bem que a diferença é mesmo de um dia pro outro, mas a contagem recomeça e, claro quem não tem balanços a fazer, desejos pra acontecer, agradecimentos a fazer, resoluções (tou fora), comigo não funciona, cansei!
Apesar de ter consciência de tudo isso, a minha fé se abala, mas por um breve momento e logo que se reestabelece eu continou a acreditar que dias melhores virão e que desejos, sonhos, podem a qualquer momento acontecer. Colhi essas pedras e desejo atirá-las porque  tenho certeza de que todos gostariam de recebê-las. Nove anos aqui, desejando um ano realmente novo. Com Tudo isso aí, ó:
Feliz 2012, gente!
*Sem paranoias de filmes-catástrofes ou previsões, o mundo ainda tá com  longo prazo de validade.

sexta-feira, dezembro 09, 2011

Moda

Hal Rubenstein, guru da moda americano acaba de lançar um livro falando dos cem vestidos que foram verdadeiros ícones no mundo fashion do século XX e XXI. Os vestidos são tanto do mundo real quanto da ficção. Muitos nem foram desenhados por costureiros famosos, mas serão eternos, como o que William Travilla desenhou para Marylin Monroe em O pecado mora ao lado, o famoso vestido confeccionados com cortinas verde por Scarlett O'hara em ...E o vento levou, o vestido vermelho usado por Julia Roberts em uma linda mulher, vestidos de casamentos de princesas e muitos usados pelas atrizes em cerimônias do Oscar. Se alguém perguntar por um vestido ícone docinema, acredito que ninguém deixará de fora o famoso pretinho que Audrey Hepburn usa no início do filme Bonequinha de luxo. Tem até a vestido "Satélite" confeccionado por Armani para Lady Gaga. Enfim, não dá pra falar de tantos num post, mas aí vai alguns que aparecem de cara na listas dos 10 mais.
Marilyn Monroe e as poses mais famosas no branco plissado (super tendência).
Givenchy criou  o imitadíssimo vestido de Audrey Hepburn em Bonequinha de luxo.
Julia Roberts em Uma linda mulher e o comentadíssimo Valentino.
Rita Hayworth escandalizou o mundo em 1946 com "Gilda" e seu vestido de Jean Louis.
Princesa Diana e seu vestido de casamento desenhado por Elizabeth Emanuel.
Halle Berry foi uma das mais bem vestidas com este bordado floral de Elie Saab.
Primeira imagem:
O Versace que Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker) usou na última temporada de "Sex and the city" e Grace Kelly deslumbrante no vestido azul no filme Ladrão de casaca.

segunda-feira, dezembro 05, 2011

Dona de casa

Hoje, dia  de sair e comprar tecidos lindinhos com estampas preferidas, bolinhas, floridos, xadrezinho... adoro ir no armarinho, gastar tempo lá e passar por dificuldades na hora de escolher tantos tecidos lindinhos pra fazer coisinhas projetadas anteriormente pra esperar novos tempos.



Fico pesquisando modelinhos de combinações e acabamentos, desenho e tudo, depois levo na costura e me delicio com coisinhas que alegram o ambiente, que deixam tudo muito coloridinho e aconchegante, com cara  de novo, almofadas, jogo americano, toalhinha, e  ainda renovo vasos, porta-retrato, arranjos. Não abro mão dessas pequenas coisas prazerosas pra mim, assim que se aproxima o natal e o ano novo,  me dá imensa satisfação comprar essas coisas. Adoro arrumar minha casa, porque esse é o período que fico mais tempo nela. Quando está tudo limpinho, arrumado, cheiroso nem dá vontade de sair, só de curtir.
"As estações mudam e devemos provocar mudanças pra acompanhar as fases."