quarta-feira, agosto 31, 2011

Consumismo


Endorfina mode on!
Por que consumimos tanto?
Não sou consumista, porque não tenho dinheiro suficiente pra isso, não tenho vergonha nenhuma de confessar.
Mas adoro umas comprinhas!
Hoje compramos um celular, por exemplo,( item mais vendidos nas datas comemorativas onde há trocas de presentes) não demora muito e  já queremos outro modelo. Parece que o que temos já não nos satisfaz, porque já conseguimos comprar e como a sede não sacia nunca já queremos outro.
As coisas exercem forte sedução.
Mulherada não pode ver um anúncio de liquidação que já fica de olho e quer ver o que tem de "bom".
Coisa legal demais é bater perna em shopping, com as amigas então! As vitrines são um convite, uma sedução e muitas vezes caímos em tentação, nem saímos pra isso, mas acabamos cedendo.
Nunca o ato de comprar pareceu tão natural! Hormônios em ebulição!
Sair carregadas de sacolas é sonho  de muitas de nós. A gente tem esssa ideia de extravasar a raiva, esquecer uma coisa ruim ou triste fazendo compras. Belos anúncios, produtos que atraem, tudo enche os nossos olhos.
Às vezes me pego refletindo sobre essa loucura toda, principalmente quando entro nos blogs de moda que viraram mania e as garotas exibem coisas lindas e se acabam nas compras, nesse hora a sensatez bate e me pergunto pra que tanta roupa, sapatos, acessórios, mas vejo que isso faz parte dos tempos atuais. Enfim, é o progresso, boa fase financeira das pessoas (graças  Deus!), mas é preciso ter coragem de fugir, de coisas que acabam sendo futilidades e assumir um pouco de sustentabilidade, afinal de contas se frearmos um pouco, o planeta agradece. Viver é mais do que isso!

terça-feira, agosto 16, 2011

Barbie Grace Kelly

Não é só quem já foi rainha que nunca perde a majestade, princesa também. Grace Kelly sempre foi admirada pela beleza e elegância. E esses são ingrediente básicos pras bonecas Barbie. A Mattel está lançando as bonecas inspiradas na Princesa Grace de Mônaco, da fase atriz à princesa, com vestidos que são réplicas de modelos usados por ela .
Glamour total, essa versão Cannes, o vestido foi o que ela usou no festival, quando Grace conheceu o Príncipe Rainier. Todo charme e beleza dos anos 50.

Essa versão foi inspirada no filme To catch a thief (Ladrão de casaca). A beleza fica por conta do vestido blue Grecian.

E lógico, não ficaria de fora a versão do tão famoso vestido de casamento de Grace Kelly. Bastante comentado este ano, é a Barbie Bride.

Tem ainda essa versão, com esse vestido usado por ela quando já namorava o príncipe. Esse chapeu é bem parecido com o mesmo chapeu da Barbie Dior.
Olha, sou suspeita pra falar por dois motivos, as bonecas sempre são belas e as versões colecionadores são mais ainda e porque adoro o vintage, e os filmes antigos.
Parte da renda com as vendas será beneficente. Dá vontade de ter todas!

domingo, agosto 14, 2011

Tem explicação?

Pra'queles momentos em que se está pra baixo.
Momentos em que a alma se consome de tristeza e a pessoa fica parecendo aqueles malucos que se autoflagelam.
Só que em lugar do chicote e aquela ladainha, põe uma música que deprime.
E ouve repetidas vezes e chora. É normal isso?

segunda-feira, agosto 08, 2011

"As Bolsas!"

Mudando o foco e pra começar muito elegante a semana, o assunto é acessórios femininos. É bem verdade que a dupla bolsa+sapatos enlouquece as mulheres e atire a primeira pedra aquela que não apaixonada por isso! Só que a lista que se segue, a julgar pelas fotos, infelizmente não é pra todas (me inclui na lista). É um pecado, devo confessar!
Essas são as dez bolsas (it bags) de todas a história da moda. Algumas já  existem há décadas e são acessórios non stop de muitas ricas e famosas do mundo inteiro.
Muitas foram confeccionadas e nomeadas por causa de divas legendárias que vão desde princesas, primeira-dama a modelos ou atrizes. Anyway, algumas muito lindas, super clássicas, outras nem tanto, mas em comum elas têm algo, o preço exorbitante. Chega de papo e vamos às bolsas super valiosas que sempre operam em alta:
A Princesa Grace de Mônaco escolheu essa como sua bolsa fiel e por isso a grife Hermès a batizou de Kelly.
A clássica e chiquérrima Chanel
Pelo que andei pesquisando nas imagens, Victoria chiquérrima-sortuda-parideira Beckham tem de várias cores a Birkin (Jane Birkin atriz-cantora francesa) da grife Hermès.
Outra princesa deu origem a (na minha "humilde opinião" a mais belas das dez it bags) Lady Dior em homenagem à Princesa Diana. Ícone de pura sofisticação e elegância e lógico, a bolsa tinha de ser igualmente elegante.

Provavelmente esta seja a mais famosa, devido às réplicas e imitações infames. A objeto de desejo (original) de muitas mulheres, Louis Vuitton. Vintage e famosa pela bonequinha de luxo Audrey Hepburn na década de 60. Esse modelo é a Speedy, tipo viagem. Com o passar do tempo a modificação ficou por conta das estampas e cores.
A mais famosa primeira-dama americana Jacqueline Kennedy, mais tarde Jackie Onassis, aka Jackie O. Inspirou pra grife italiana Gucci este modelo:
As mais recentes lançadas no mercado ryco:  Stam da Mac Jacobs. Musa? Jéssica Stam.
Da grife Balenciaga o modelo Motorcycle
Da Proenza Schouler esse modelo  PS1
A britânica Alexa Chung (apresentadora de TV) foi homenageada pela grife Mulberry com essa bolsa, modelo Alexa, (que luxo!) apresentadora, hein?
Só pra completar: Li numa revista uma reportagem sobre a ascenção da economia da China e na parte que falava dos jovens chineses, mostrou uma garota que trabalhou seis meses numa rede de lanchonetes famosa pra juntar dinheiro e comprar uma dessas bolsas (LV) original. Cada pessoa tem seus desejos, sonhos e desde que seja de maneira honesta, vale a pena realizá-los. Desde que se possa, não importa o valor quando se quer ter, mas que elas são caríssimas são! Nenhuma tá pra mim. Beijos pras que podem e pras que não podem ter uma dessas!

sábado, agosto 06, 2011

Na minha porta não!

Inferno! Não há outra palavra pra se definir o trânsito ou uma vaga pra estacionar, e pior,  na porta da tua própria casa.
A pessoa não pode estacionar na porta da sua própria casa!! Não pode por, nem tirar o carro da garagem e olha que tem o nome bem nítido no portão: GARAGEM, bando  de &§%#@ analfabeto! Analfabetos de leitura e de leis que regem esse trânsito infernal nesse país!!! Mais de uma hora esperando o desavisado aparecer!
Quando se mora numa muvuca, com shopping quase na frente da tua casa dá nisso!
Finalmente consegue sair e a  pressão dos carros atrás de você, mal o sinal abre e ja estão buzinando. Tá difícil!
Outra: Não sei se é pior essa bagunça ou esses flanelinhas mercenários que fingem olhar os carros, mas só pensam mesmo é em extorquir tua grana.
Me dá raiva essa situação e os responsáveis, secretaria de trânsito,  o raio que o parta fechar os olhos
e não fazer nada Tá uma esculhambação! Vaga pra estacionar tá valendo ouro, por isso não respeitam as garagens. Raiva!

segunda-feira, agosto 01, 2011

Acabou!

Já pro trabalho!
Recesso bom. Casa cheia, irmãos, sobrinhos fazendo a alegria.
Por isso sumi daqui também. Mas, assim como  volto ao trabalho, volto também às postagens.
Bom agosto, sem neuras de mês do cachorro louco!
Deixa eu ir lá cuidar da garotada na sala de aula.