domingo, fevereiro 27, 2011

Durma-se com um barulho desses!

Todo mundo sabe que dormir faz bem e uma noite bem dormida ou pelo menos oito horas de sono garantem qualidade de vida, acordar de bom-humor e ter  um dia  com mais disposição. Quem já está condicionada a acordar bem cedo nos dias úteis (porque hoje, aula começa na madruga quase) aproveita os fins se semana pra ficar um pouco mais deitada (só), já que a droga do meu relógio boiológico não permite meu lindo cérebro ir além do programado (já viram isso?). Eu!
Agora prestenção no episódio: pleno domingo chuvoso (delícia), sete horas em ponto, um estrondo que mais parece raios, trovões. Nada! Começam as obras numa contrução enorme que já dura bem mais de ano (fase final, Deus seja louvado!), que vai de segunda a segunda, uma barulheira infernal! Tudo bem ou quase, desde que a construção não fosse praticamente em frente a tua casa. vira pro lado, pro outro, tapa os ouvidos e a homarada descendo as ferramentas, pareciam mexer com aquele troço que faz cobertura de ginásio. Barulho louco! A chuva aumenta e abafa mais o barulho, mas logo volta a afinar e o barulho sufoca todo e qualquer silêncio da cidade que aos domingos acorda mais tarde, menos aqui na minha rua. @*&#! Acorda, menina!

sexta-feira, fevereiro 25, 2011

Fim de semana

Fim de semana pra quem fica em casa e reserva um bom filme pra se ver no DVD a Ana Maria indica cinco filmes que ela adora. Bem diversificados na origem de produção que vão desde latino, europeu e americano, vale a pena conferir as dicas.
1.Billy Elliot (2000 Inglaterra)
Adoro esse filme, não me canso de assistir!!
O filme conta a história de um garoto de família humilde, que faz lutas de boxe, mas acaba se deparando, coincidentemente, com a dança.

2.Paranoid Park (2007 EUA)
Adoro os filmes do Gus Van Sant e na minha opinião, esse é o melhor.
Apesar de se tratar de um acontecimento horrível na vida de um adolescente, o filme não é pesado e é ótimo de se assistir.
3.Stella (2008   França)
Um filme francês lindo e realista, com um elenco perfeito! Narra a vida de uma menina de onze anos, que vive numa região pobre de Paris.
Na nova escola, ela enfrenta muitos preconceitos, mas também descobre a amizade, o mundo dos livros, da cultura e a oportunidade de mudar o seu destino. É inspirado na história real da diretora do filme.
4.A Grande Sedução (2003 Canadá)
Uma interessante comédia sobre o desemprego. Em uma ilha do Canadá, totalmente abandonada pelo governo, os moradores fazem de tudo para conseguir a instalação de uma fábrica de recipientes plásticos e assim ter onde trabalhar.
5.Kamchatka (2002 argentina)
Um dos melhores filmes sobre a ditadura na América Latina. Os anos 70 vistos sob o ponto de vista de uma criança. Maravilhoso!
Harry  tem 10 anos e tem uma vida normal para qualquer criança de sua idade na década de 70. Porém, quando seus pais começam a ser perseguidos pela ditadura argentina ele e sua família são obrigados a largar todos os seus bens e fugir para uma fazenda.
Bom filme!

segunda-feira, fevereiro 21, 2011

A chave

Verdade. Quem nunca trancou o carro com a chave dentro?
O pior é você entrar no serviço às 7:00 h em ponto e fazer isso às 6:40 h, chamar o chaveiro, que vem alegando que tava dormindo, foi tirado da cama e por isso vai te cobrar os olhos da cara por um serviço que leva poucos segundos (que habilidade!). É demais! Mas, fazer o quê? Mais cuidado, moça!!!

sexta-feira, fevereiro 18, 2011

...E ela tem dito!

Obrigada, Rita!!!
Disse tudo!

sexta-feira, fevereiro 11, 2011

Meryl Streep

Se despe de Prada e se transforma na dama de ferro.
A ex-ministra britânica Margareth Thatcher na pele de Meryl Streep, uma das minhas atrizes favoritas (tá, a outra é Emma Thompson).
Ainda filmando.
Alguém duvida que o terceiro Oscar está a caminho?
Caracterização perfeita.

terça-feira, fevereiro 08, 2011

Vida


Detesto ficar sem atualizar, mas ultimamente e  infelizmente isso tem sido frequente.
Parece que já faz meses que não escrevo nada. Mas pra postar, é preciso inspiração, acontecimentos e uma vidinha mais cheia de atividades legais. O que não é lá bem o meu caso.
Daí pensei em começar falando que  a vida não presta, assim, meio Leo Jaime na canção, mas me recuso a falar dessa maneira, porque ela presta, e ainda por cima é bela sempre. Tava vendo uma chamada na TV encorajando as pessoas a dizerem palavras de incentivo a portadores de câncer, pra serem veiculadas na própria TV  a essas pessoas e diziam ainda que elas são as que mais tem vontade de viver, que lutam pra viver, então seria injusto dizer que a vida não presta. Seja ela cheia de agitos ou simplesmente meio sem tantos acontecimentos, é preciso reconhecer que é muito bom viver e poder abraçar as pessoas, estar com quem você ama ou te faz bem, olhar o movimento nas ruas, ver o sol nascer e se por todos os dias, sorrir, ouvir músicas lindas, sair com amigos, reunir com a família pro almoço, olhar a beleza das flores, saborear os delícias que mais te agradam, chorar de alegria, enfim, todas essas coisas que fazem a vida valer a pena. Não encare como triviais as bênçãos simples e comuns da vida diária.
"Somos nós que fazemos a vida...
Sempre desejada, por mais que esteja errada.
Ninguém quer a morte, só saúde e sorte"