sexta-feira, dezembro 09, 2011

Moda

Hal Rubenstein, guru da moda americano acaba de lançar um livro falando dos cem vestidos que foram verdadeiros ícones no mundo fashion do século XX e XXI. Os vestidos são tanto do mundo real quanto da ficção. Muitos nem foram desenhados por costureiros famosos, mas serão eternos, como o que William Travilla desenhou para Marylin Monroe em O pecado mora ao lado, o famoso vestido confeccionados com cortinas verde por Scarlett O'hara em ...E o vento levou, o vestido vermelho usado por Julia Roberts em uma linda mulher, vestidos de casamentos de princesas e muitos usados pelas atrizes em cerimônias do Oscar. Se alguém perguntar por um vestido ícone docinema, acredito que ninguém deixará de fora o famoso pretinho que Audrey Hepburn usa no início do filme Bonequinha de luxo. Tem até a vestido "Satélite" confeccionado por Armani para Lady Gaga. Enfim, não dá pra falar de tantos num post, mas aí vai alguns que aparecem de cara na listas dos 10 mais.
Marilyn Monroe e as poses mais famosas no branco plissado (super tendência).
Givenchy criou  o imitadíssimo vestido de Audrey Hepburn em Bonequinha de luxo.
Julia Roberts em Uma linda mulher e o comentadíssimo Valentino.
Rita Hayworth escandalizou o mundo em 1946 com "Gilda" e seu vestido de Jean Louis.
Princesa Diana e seu vestido de casamento desenhado por Elizabeth Emanuel.
Halle Berry foi uma das mais bem vestidas com este bordado floral de Elie Saab.
Primeira imagem:
O Versace que Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker) usou na última temporada de "Sex and the city" e Grace Kelly deslumbrante no vestido azul no filme Ladrão de casaca.

24 comentários:

Al Reiffer disse...

Oi, grato pelo comentário, e parabéns pelo teu belo blog. Bjos

Dama de Cinzas disse...

Quero o da Marilyn, sempre quis reproduzir aquela cena que o vestido voava... rs.

Beijocas

Andy Santana disse...

Eu adoro ler, ver e saber sobre isso, o tema de desenvolvimento de coleção de uma aluna minha é sobre as divas do cinema na década de 40 3 50, um luxo!

beijos

Pedrita disse...

eu q adoro vestidos deverei amar esse livro. nunca gostei muito desse vestido de noiva da lady di. achei over e ela mesmo sempre foi tão elegante, ia pelo menos, muito provavelmente o vestido deve tê-lo sido imposto. beijos, pedrita

Iza disse...

Oi:) Eu já conhecia os croquis dela, mas nunca tinha visto ela antes. Valeu pela dica. Ei iria adorar se você me passasse o link Muito obrigada mesmo.
Um vestido mais lindo que o outro hein. Eles são maravilindos. Outro vestido que eu gosto é o da Marilyn em Os homens preferem as loiras.
Rosa bem cheguei né ?

Bjs :)

Lulu on the Sky® disse...

Sou apaixonada pelo vestido preto da Audrey.
Big Beijos

Luna Sanchez disse...

Sou apaixonada por vestidos, Ruby! Tenho muito mais vestidos do que calças jeans.

Beijocas, ótimo fds!

Iza disse...

Oi Ruby :) Muito obrigada mesmo pelo link. Fico grata!

Beijos :)

Lolita dulce disse...

Adorei seu blog, já estou seguindo.
Bjs

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Ninguém supera o Givenchy de Audrey...

O Falcão Maltês

Nana disse...

Meu voto fica com Gilda e seu irresistível streaptease de uma luva...Bj e fk c Deus.

Iza disse...

Oi Ruby, como vai você ? Eu recebi uma tag e seu blog tá na lista dos blogs que devem repassar essa tag. No meu blog tá tudo explicado.

http://vintageiz.blogspot.com

Beijos :)

Luma Rosa disse...

Que delícia deve ser esse livro! Deixaria o de Lady Gaga fora! Ah, sou apaixonada pelo vestido de Rita Hayworth em "Gilda" ou melhor, sou apaixonada por Rita Hayworth!
Bom restinho de semana!! Beijus,

Marcela M. disse...

Amei o seu blog e já estou seguindo.
http://happythingsforever.blogspot.com/

Maggie May disse...

eu vestiria todos eles!!!! rs

O Profeta disse...

Amei, amo a beleza
Tropecei muita vez na incerteza
Transformei miséria em realeza
Ri de contente e de tristeza

Ri para os olhos que me deram amor
Ri para o mar onde pesquei ilusões
Ri em cada partida e chegada
Que fiz numa vida de contradições

Procurei o segredo da verdade feliz
Percorri o caminho do vento cheio de ardor
Uma gaivota entregou-me uma concha cheia de mar
Era…O Elixir do Amor…

Um mágico Natal

Abraço-te

Nise disse...

Quanto luxo!!!!

UN VOYAGEUR SANS PLACE disse...

Só faltou mencionar a burqa das afegãs, criada em 1919, inicialmente para ser usada pelas senhoras do harém do rei, em Cabul... com o tempo ela se popularizou como símbolo de status, e depois, nos anos 1960, 70 e 80, quando as mulheres ricas do país o deixaram de lado (especialmente as mais estudadas e ricas) já estava em toda casa popular, as empregadas adotaram um costume que inicialmente era das patroas. Quando da guerra civil afegã, já eram poucas as que não eram obrigadas a sair em público com uma burqa, ou por medo ou por imposição familiar. O talibã a tornou obrigatória a partir de 1996, até 2001.

Grande abraço, ma chérie.

UN VOYAGEUR SANS PLACE disse...

Só faltou mencionar a burqa das afegãs, criada em 1919, inicialmente para ser usada pelas senhoras do harém do rei, em Cabul... com o tempo ela se popularizou como símbolo de status, e depois, nos anos 1960, 70 e 80, quando as mulheres ricas do país o deixaram de lado (especialmente as mais estudadas e ricas) já estava em toda casa popular, as empregadas adotaram um costume que inicialmente era das patroas. Quando da guerra civil afegã, já eram poucas as que não eram obrigadas a sair em público com uma burqa, ou por medo ou por imposição familiar. O talibã a tornou obrigatória a partir de 1996, até 2001.

Grande abraço, ma chérie.

UN VOYAGEUR SANS PLACE disse...

PS.: Gostei muito do poema que esses dias postaste no blogue, é sábio e, à sua maneira, doce.

"Assim é a vida.
Assim é o mundo:
Enquanto uns chegam, outros já se despedem.
E a vida se repete.
"O trem que chega
É o mesmo trem da partida."

Quanto àquele problema do boletim de ocorrência e do bandido que clonou a placa do teu veículo, só posso entregar nas mãos de deus e pedir justiça, pois isso é uma pouca vergonha da parte de quem teve a coragem.

Au revoir.

Nana disse...

Nessa véspera de uma data tão importante (tudo bem q a gente sabe que Jesus não nasceu em dezembro, certo?!), só queria deixar um carinho pra todos que estiveram presentes no meu cantinho esse ano... obrigada!!!
http://migre.me/7h6BZ

Lulu on the Sky® disse...

Ruby,
Feliz Natal! Muita paz e felicidades.
Big Beijos

Luma Rosa disse...

Ruby, o dia do natal está quase indo embora e espero que este se mantenha em você pelos dias do próximo ano que desponta. Boa semana!! Beijus,

Lauren - Moda Trash disse...
Este comentário foi removido pelo autor.