sexta-feira, junho 24, 2011

Atendimento

Mais uma da séria série: atendimentos.
Gente, não é brincadeira!
Precisando dos serviços de atendimento de rede de cartões de (Mastercard, pronto falei!) crédito fui ao site, depois de tentaivas frustradas por códigos obsoletos e afins, desisti e lancei mão da outra forma indicada. Disponíveis os números de ligação, liguei. Nada de atender. Enviei um email no campo destinado no próprio site.
Dois ou três dias depois, eles respondem, dizendo pra ligar pro mesmo número e o que ter em mãos na hora da ligação. Isso não é nada comparado ao que se passa até ser atendido por uma pessoa que lhe ouça, responda e atenda ao que realmente você foi em busca, realmente, até chegar ao que se  interessa.
Liguei, milagre, atenderam, mas no que ouvia, não acreditei em tantos comandos, uma coisa que pode ser rápida, eles enfeitam tanto pra provar sua paciência e tornar a ligação super longa, não sei se ganham por isso, uma vez que o serviço não é 0800. Então, voltando á peregrinação até ser atendida, uma enxurrada de perguntas, umas até sem sentidos e aperte o 2 ou 3 mais *, dá vontade de desistir, mas tem que ir em frente e depois ainda vem encher o saco oferecendo mais cartões e serviços.
Tenho uma amiga que quando liga pra'quela operadora de telefonia e a voz do além diz: "não entendi". Ela solta uma enxurrada de palavrões!
Apesar de haver leis que dão direitos aoconsumidor, isso é só no papel, porque até que faça valer esses direitos já fomos vencidos pelo cansaço, paciência e buracracia. Haja saco!

15 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Ruby
Haja saco mesmo. Ninguém merece precisar desses serviços. Lei e nada, é a mesma coisa.
Bjux

Pedrita disse...

as perguntas são importantes para a segurança, mas alguns atendentes só sabem essa parte das perguntas, a hora q vem a dúvida, se não está no q q eles como robôs sabem de cor pronto, vão lá os problemas. infelizmente as empresas terceirizam esses serviços, provavelmente par aum bando de gente q nunca teve um cartão de crédito e q entende muito menos do produto q a gente.

Dayane Pereira disse...

Olha não é fácil não, eu evito ao máximo ter de ligar, tento de todas as formas disponíveis , e só em ultimo caso, ligo.
Mas por trabalhar com atendimento, posso dizer: quem mais odeia esses procedimentos é quem está do lado de lá da linha, pois só fazem essas perguntas idiotas e seguem uma serie de procedimentos pois são obrigados, é dificil fugir do script chato, e querer agilizar o atendimento, mas acredite, quem nos atende tb odeia isso, e só faz porque precisa meeeesmo daquele trabalho.

C. disse...

Vou com a Dayane, infelizmente quem tá lá é porque tá precisando e segue à risca o que tem que ser feito, duvido está gostando de estar lá.
Por outro lado, o consumidor também nao tem culpa e afinal é consumidor, e nem por isso precisa aguentar as formalidades e enchecoes até o problema ser resolvido. Quando é.

Lucimere disse...

e quando a ligação cai?
Uma verdadeira via crucis..
Bom findi. bjos

Lulu on the Sky® disse...

Ruby, é lamentável tudo isso. Darei minhas dicas:
1- Anote o nome de todos os atendentes e o respectivo protocolo
2- tente resolver o problema, se não der ameace ir ao Procon, se for telefonia ou tv por assinatura, ANATEL

3- Se for ANATEL, eles resolvem o problema pq acionam a área juridica e a empresa resolve seu problema.

Qdo entrar no MSN te conto em detalhes minha saga com a telefônica.

Big Beijos

Mary disse...

primeiro, sem pressa ou preocupação com o envio, qdo der, deu.. socorro amiga, nem fale em atendimentos via fone, eu já passei por tudo q vc falou e mais uma, depois de ficar horas na fila esperando o FDP q me atendeu resolveu desligar no meio da minha reclamação!!! pior q agente nem pode reclamar d'uma criatura assim.. espero q no final vc tenha pelo menos conseguido realizar o q procurava.. bjos mil e ótimo domingo..

Miguel disse...

Ruby, posso entender perfeitamente tua indignação.

Já passei por isso com a mesma operadora de cartão, simplesmente liquidei aquele cartão.

Há muitas outras coisas em que podemos investir produtivamente nosso tempo, né mesmo?

Bj querida, até outras vezes.

Pretérito (im)perfeito disse...

eles nos vencem pelo cansaço né? Haja paciência...

Luna Sanchez disse...

Minha paciência não alcança. Juro.

Beijos.

Smareis disse...

Ja passei por isso várias vezes, niguém merece. Um abraço!

Nana disse...

Odeio qualquer tipo de call center... eles nunca funcionam direito. Bjs e fik c Deus.

Denise disse...

Nossa, eu odeeeeeeeeeeeeio call center. Não entendo o que se passa pela cabeça de uma empresa em atender seus clientes de maneira tão porca! E sabe o que é pior? Os atendentes são obrigados a agirem como robôs, e não podem fugir daquele script ridículo. E pior que com essa onda de call center, não podemos nem contar com um atendimento presencial, ou seja, estamos nas mãos desse bando de incompetentes! Absurdo!

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Tem toda razão.
Abraços.

O Falcão Maltês

Long Haired Lady disse...

perdemos horas de nossas vidas nos estressando com essas "maquinas" que são os teleatendimentos.