sábado, março 12, 2011

Jane Eyre

Uma nova versão do clássico inglês de Charlotte Bronte chega às telas dos cinemas este ano (estreia mundial este mês e hoje nos cinemas em Nova York ).
Trata-se de Jane Eyre uma órfã criada por uma tia cruel e primos que a maltratam.
E menina vai à escola e se forma como professora. Vai trabalhar como governanta de uma mansão que esconde segredos que ao se revelarem, serão decisivos na vida da jovem.
Jane e seu patrão Edward Rochester se apaixonam e decidem se casar, mas ele esconde algo que vai impedir essa paixão.
Quem dá vida à tímida governanta no drama romântico é a estrela em ascenção Mia Wasikowska, a que fez Alice em Alice no país das Maravilhas (2010), já Rochester a paixão da vida de Jane é interpretado  por Michael Fassbender (Xman, Inglourious Basterds).
Mia e Michael formam o casal perfeito e com a química que garantirá o sucesso do filme de Cary Fukunaga A fotografia deve ser tão bela como as de Razão e Sensibilidade, Orgulho e Preconceito. A beleza da Inglaterra de séculos passados.
Li Jane Eyre (já tive colega na escola com esse nome), vi uma versão feita pra televisão e a versão de 1943 com Joan Fontaine. Claro que adorei a notícia, vibrei ao saber que breve posso ver outra versão desse clássico que amo desde criança. É só esperar. Trailer youtube

13 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Bela dica. Vamos aguardar para conferir.
Bjux

Zeca da Novela disse...

Gosto de filmes assim, com uma boa estória e muitos segredos. Sem falar que se passa na antiga Inglaterra. Eu sou gaúcho, mas penso que sou de Londres.

Abraços,

Lulu on the Sky® disse...

Adoro esse tipo de filme. Orgulho e Preconeceito é meu filme favorito.
Big Beijos

Lucimere disse...

Vou querer assistir. tenho certeza de que vou gostar.
bjo

Mary disse...

então vc comprou o compacto de a madrasta?? ótimo, pegou via net??

adorei a dica do filme amiga, de cara lembrei de razão e sensibilidade, com a história q vc contou, deve ser ótimo..

hehehe.. vc tb quer sossego no carnaval?? não curto a festa, acho q só qdo criança aproveitei alguns bailes, agora quero descanso nesta época..

bjos mil e ótimo findi..

Pedrita disse...

esse livro chegou até mim pela família, é uma edição antiga e gostei muito. quero ver essa versão, embora espero que não exagerem no melodrama. beijos, pedrita

evipensieri disse...

Que legal!
Não vou perder, com certeza!

Bjs.
Elvira

Dayane Pereira disse...

Bacana! Só pela ambientação já vale o filme! Deve ser mesmo lindo para os olhos.
VAmos aguardar

Jens disse...

Oi Ruby.
Gosto das histórias inglesas. Acho que têm uma elegância de estilo que as torna únicas. Pelo aperitivo, Jane Eyre se anuncia como um película que faz jus a tradição de mistério e paixão que povoam a literatura inglesa.
Confesso, constrangido, que não li Jane Eyre. Julgava tratar-se de um livro açucarado para entreter moças casadoiras. Quando descobri o equívoco já era tarde. As obrigações profissionais já haviam ocupado o (bom) tempo dedicado ao aprendizado através da leitura de clássicos literários. Com o filme espero preencher parcialmente esta lacuna.

Beijo pra você.

Diários do Papai disse...

As irmãs Brontë são cheias de talento! Torçamos para que seja mais uma daquelas belas adaptações cheias do requinte e da graça inglesas! Abração e apareça!

Sara disse...

Hum gostei dessa..
Eu vou ver também !!!

Bjs

C. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ruby disse...

Não é europeu.