segunda-feira, agosto 30, 2010

Trazendo à memoria

Há cinco anos atrás fiz um post que atraiu muita gente e foi copiado. Pena que os comentários eram no haloscan ainda e se foram, mas consistia em falar cem coisa/fatos a meu respeito. Resolvi 'repostar' pra ver o que ainda penso, acho, gosto e o que mudei de ideia, se penso diferente do que postei, se permanece o mesmo nesses anos que se passaram. É esse aí. Curte só!
001. eu converso comigo mesma; Continuo mais do que nunca depois que passei a morar só.
002. eu tenho humor de lua;
003. eu não tenho um namorado;
004. eu sou palhaça, às vezes;
005. eu sou bastante sensível;
006. eu não toco nenhum instrumento musical;
007. eu tenho muitas pintas;
008. eu morro de pena de passarinhos presos em gaiolas;
009. eu não tenho muita paciência pra ver filmes;
010. eu adoro bebês;
011. eu nunca fui à Disney; Troco por Paris.
012. eu falo (a palavra) merda pra caramba;
013. eu tenho mania de ler lista telefônica; Parei.
014. eu morro de preguiça de depilar as pernas; Diminuí.
015. eu pinto o cabelo;
016. eu amo a minha família;
017. eu tomo tacacá num calor de rachar; Nunca mais.
018. eu não tenho animal de estimação;
019. eu não ronco;
020. eu me acho chata, às vezes;
021. eu preciso de amigos;
022. eu detesto essa mentira de papai noel ;
023. eu sou preguiçosa;
024. eu nunca fiz cirurgia;
025. eu vejo novelas mexicanas; Não vejo mais nenhuma, de país nenhum.
026. eu estudei francês;
027. eu sou uma professora insatisfeita com o sistema educacional e a juventude brasileira;
028. eu não tenho celulite na bunda;  Hahahahah, sortuda! Continuo sem.
029. eu sou extremamente perfeccionista;
030. eu sou muito reservada;
031. eu odeio bandido;
032. eu estrago muito sapato;
033. eu não rôo as unhas; roo agora se escreve sem acento
034. eu preciso de um emprego tranqüilo; continuo achando
035. eu queria um aquário com peixinhos dourados; Não desisti.
036. eu assisto o mesmo filme muitas vezes (quando eu gosto);
037. eu me arrumo rapidinho;
038. eu folheio revistas a partir da última página;
039. eu tenho a síndrome do pânico; Curada!
040. eu sou impaciente;
041. eu não estou satisfeita com meu peso;
042. eu tenho medo de sair na rua com a minha bolsa; Parei mais com o medo.
043. eu já entrei em muitas enrascadas; Continuo entrando.
044. eu agora tenho outros hábitos alimentares; E agora outros mais novos ainda.
045. eu me borro de medo de visitar cemitérios; Já não tenho mais tanto medo.
046. eu sei quase nada de html; Sei um pouquinho agora, depois que o blogger facilitou tudo, ahahahahaha!!! Espertinha!!!
047. eu tenho medo de dentista;
048. eu não desço escadas rolantes; Já desço.
049. eu sou medrosa; Menos agora.
050. eu já colei na escola/faculdade;
051. eu não tenho chulé;
052. eu acho lindo a cabelo dos(das) orientais;
053. eu nunca briguei na escola;
054. eu só como a gema do ovo;
055. eu nunca andei de avião; Ufff! Andei!
056. eu tenho medo de palhaço;
057. eu acho Luciano Huck horrível; Acho ele um ser humano incrível, simpático, super profissional. Parei de olhar o nariz e achar isso dele.
058. eu não suporto a Britney spears; Quem???
059. eu acho que é bom ser a Sandy;
060. eu amei e não fui amada;
061. eu já fiz curso de arte culinária, mas aprendi quase nada;
062. eu me acho feia; só um pouco.
063. eu vi quase todos os filmes de Hitchcock;
064. eu não tenho um carro; Ah, já comprei!
065. eu tenho um gosto musical refinado;
066. eu sou dramática; Já nem tanto mais!
067. eu sou baixinha;
068. eu amo os meus amigos;
069. eu calço trinta e cinco;
070. eu gosto de cantar; Não gosto mais.
071. eu quero ir a Foz do Iguaçu de novo; Mudei a rota
072. eu sou pessimista algumas vezes;
073. eu sou otimista algumas outras vezes;
074. eu gosto muito de junky food; Só em sonhos agora!
075. eu, geralmente, não entendo piadas;
076. eu amo frango xadrez; Amo ainda, mas troquei por sushi essa preferência.
077. eu queria ter 5 kl a mais; não quero mais!
078. eu recortava revistas e fazia agendas;
079. eu acho que eu nasci na década errada;
080. eu sou tímida;
081. eu levava o rádio pro banho;
082. eu quero ser for ever young; Oh, baby, mas quem não quer?
083. eu sou fotogênica;
084. eu tenho muitas roupas de pois; Além das roupas, muitos acessórios
085. eu tenho somente CDs originais; Mal escuto, agora música só no PC.
086. eu uso calcinhas de algodão;
087. eu caminho bastante; Reduzi.
088. eu uso sombra mais que batom; eu uso mais rímel e batom
089. eu adoro jujubas;
090. eu sou ciumenta;
091. eu tenho bons e poucos amigos virtuais e reais;
092. eu adoro me fazer de vítima quando dá;
093. eu sou sempre a última a saber;
094. eu tenho medo de ficar sozinha (sem amigos);
095. eu gasto com bobagens; Me controlei mais.
096. eu não acredito em horóscopo;
097. eu gostaria de morar perto do mar;
098. eu sei de muita coisa ;
099. eu ainda tenho muito o que aprender.
100. eu não acredito que terminei. Acho que hoje terminaria mais rápido.

Mudou muita coisa e algumas muito importantes, outras que continuam, são sem muita importância, não acrescentam nada, tanto faz, mas essas mudanças foram pra melhor.

sexta-feira, agosto 27, 2010

Look: cabelo e tranças.

Pintou uma festa,um evento, a gente logo imagina o que fazer no cabelo.
Pra ter um belo penteado, simples, porém lindo, de chamar atenção,
não precisa muita coisa. Tranças. Super femininas, delicadas, sempre em moda, agora mais que nunca elas estão em alta. Versões inovadoras. Desde as mais trabalhadas às mais simples, clássicas, pra (quase) todos os comprimentos de cabelo. Que tal essas famosas e suas tranças nas fotos ao lado?
Eleja a sua preferida e na primeira oportunidade de se produzir, já tenha em mente o que fazer no cabelo.
Algumas são tão fáceis que a gente mesma dá conta de fazer e até usar na rotina. Adorei essa da Julianne Hough, estilo bailarina, trança fininha cercando o coque no alto da cabeça, pra arrasar em festa chique. A da Milla, já tem um estilo meio 'desarruamado', fios soltos e o charme fica por conta da trança trabalhosa, que se percebe  só em olhar. Muito linda.

domingo, agosto 22, 2010

Concursos

Traz o espanador! A negligência é toda por causa do trabalho, quase não tem me sobrado tempo pra postar. Mas, aqui estamos:

Taí o que eu sempre falei: Concursos viram fonte de receita para governos.
Sonho de dez entre dez brasileiros que precisam trabalhar. Um emprego digno e seguro, bons e/ou  excelentes salários. Alguns até com regalias. Isso é oferecido quase que diariamente, mas conseguir um, eis a grande batalha. A gente se mata, faz cursinho, compra apostilas, enfim, pressão terrível! Mas vamos ao que interessa aqui no post:

Tem maneira mais fácil de  produzir muito dinheiro? Tesouro arrecada R$ 75 mi com concursos em 5 meses.
As ofertas não param de ser oferecidas, a cada dia se colocam mais e mais concursos.
As taxas de inscrição para concursos públicos viraram fonte de receita para União, Estados e municípios. De janeiro a maio deste ano, só o Tesouro Nacional recebeu R$ 75,6 milhões provenientes da cobrança das taxas.
A primeira exigência dos órgãos públicos ao abrir concursos é não ter despesa com os exames de seleção. Assim, a estimativa de gastos é jogada na taxa. Muitas vezes, o total de inscritos supera a previsão.
Aqui no meu estado abriu-se um concurso pra educação e imediatamente após as provas serem realizadas o governo anunciou contratação  (seletivo) pra preencher as mesmas vagas. Com assim? Imagine a confusão!
É daí que se percebe essa mamata. São tantos concursos que a gente acaba é desconfiando, porque na verdade as taxas de inscrição não são tão leves assim e isso traz uma bruta arrecadação aos cofres públicos, enfim, ganham governo, vendedores de apostilas e cursinhos. Passar, às vezes até que se consegue, agora ser chamado, é outra história. Mas a gente vai tentando, porque é brasileiro e não desiste nunca!

domingo, agosto 08, 2010

Meme

Tempão que não faço um meme. A indicação vem da sweet Lulu
e o indicado tem que falar nove coisas/fatos a seu respeito. Pra mim não é fácil falar de mim mesma, pois tenho tendência a falar sempre dos defeitos, mas vamos lá:

01. Eu blogo desde abril de 2002. Iniciei ainda no blig que era do portal ig, weblogger do portal terra, blogger, tripod e finalmente blogspot, onde estou até hoje, já falei mil vezes que vou parar, mas não passa de um ou quase dois meses e volto a blogar. Não tenho um tema específico, é muito eclético e posto desde trivialidades a política.

02. Tenho paixão inexplicável pelo estilo vintage, pelas décadas de 40 à de 60, acho a beleza do povo desse tempo a mais perfeita e jamais haverá beleza como tal. E acho que nasci na era errada. Quero ser pin up!

03. Sou fascinada pelos filmes clássicos da Hollywood golden age, tenho muitos DVDs clássicos considerados pela crítica e  por mim. Logo vou ter um belo acervo. Oh, TCM!

04. Eu admiro quem escreve com perfeição. Tipo Jabor, só pra começar e muitos blogueiros maravilhosos. Não nego que gostaria muito de fazer parte desse grupo seleto. Ah, o dom!

05. Indiscutivelmente amo música clássica, desde cedo costumava ouvir os grandes gênios da música clássica.

06. Tenho verdadeira paixão pela fotografia e desejo brevemente fazer um curso pra fotografar melhor e gostaria muito de ser uma profissional na área. Flashhhh!!!!

07. Sempre tive cabelo longo e ofereço certa resistência na hora de cortar, mas estou tentada a cortar de forma bem radical. Será que rola????

08. Sou chorona por isso detesto despedidas, cenas dramáticas nos filmes e na TV e ao vivo também e me sensibilizo até com um velhinho andando só na rua.

09. Eu acho que passo mais horas do que deveria na frente do computador. Estou enxergando menos.

domingo, agosto 01, 2010

Que nome dar...


Coisa séria! Você gosta do seu nome?
O nome influencia no futuro da pessoa. Pode-se amar ou detestar o próprio nome. Deveria haver uma lei que garantisse a cada indivíduo ter um nome provisório, não acham? Depois de atingir a maioridade, ou deixava o nome ou escolhia um que lhe agradasse e lhe deixasse satisfeito.
Escolher um nome pro bebê é uma tarefa difícil para muitos pais e, não é à toa. De acordo com o estudo da Northwestern University, nos Estados Unidos, um nome pode ter um impacto profundo sobre a criança e repercutir muito na idade adulta. Os nomes das pessoas podem influenciar a forma como elas pensam em si mesmas e a forma como as pessoas pensam sobre elas. 
Dar ao  menino recém-nascido um nome que soe feminino pode significar problemas de comportamento na vida adulta. E os nomes originais e incomuns podem trazer dificuldades também, como mostrou o estudo realizado com três mil pais. Um em cada cinco pais lamenta o nome que escolheu para o seu filho. Na pesquisa, os relatos mostravam que muitos deles estavam angustiados sobre os nomes incomuns ou de grafia estranha que tinham escolhido. E mesmo aqueles que não lamentaram explicitamente a escolha do nome, admitiram haver nomes que preferiam ter escolhido.
A pesquisa mostrou também que há uma forte ligação entre gostar do nome e autoestima. Aqueles com alta autoestima geralmente gostam das letras que estão em seus nomes, especialmente a primeira letra, quando são submetidos a testes psicológicos de análise. Os cientistas disseram ainda que o nome pode ser um reflexo do estilo de vida dos pais. O pai que deseja que o filho se destaque socialmente e dá à criança um nome incomum, provavelmente terá um estilo parental que enfatiza a singularidade da criança, por exemplo. 
Na hora de escolher o nome do  bebê, você pode seguir alguns passos como observar o significado, ter cuidado com as homenagens, nomes que tem muito a ver com datas, cuidado. Nem sempre é bom inovar e ridículo mesmo é juntar sílabas com nomes de pai, mãe, avós, por exemplo, e formar um nome que mínimo vai soar estranho.
Lembrando que nomes também é questão de moda, atualmente os nomes mais comuns são: Júlia e Gabriel.
(dados da pesquisa a fonte é :UOL)