segunda-feira, outubro 11, 2010

Livro

Gente! Isso é que é loucura, loucura, loucura!
A Taschen uma editora phantástica, aquela  que publica a série movie icons, lança uma edição com apenas mil cópias de Our fair lady (título baseado no filme my fair lady) The Tiffany princess in the little black dress, traduzido por A princesa da Tifanny de vestidinho preto (te lembra alguma cena famosa?).


Bob Willoughby: Audrey Hepburn Photographs 1953-1966.
Audrey Hepburn  cada vez mais na moda sempre. Livro em capa dura, 282 páginas com fotos lindas e textos poéticos totalmente dedicados à eterna bonequinha de luxo. Beleza! Quando vi falei: quero! Logo descobri que o preço, pasmem, é mais fantástico ainda, 700 dólares, dólares e não reais. Pasmem mais uma vez, fui às ótimas livarias online (início da semana) e vi que já estava disponível no Brasil e o preço terrivelmente alto, mais de mil reais e pior, já estava esgotado (fim da semana). Não, eu não ia comprar mesmo que tivessem ainda exemplares disponíveis. Mas a Taschen generosamente disponobiliza uma amostra com cem páginas, clica aqui e confere o que falo.

10 comentários:

Karen Kremes (Karkr Napon) disse...

Olá, Ruby!
Muito obrigado pelo comentário, AMEI ;D

UAU! Que livro do poder, HEHEHE. Muito bonito e super interessante dedicado e sobre a Audrey Hepburn, mas que preço, heim? *queixo cai* é dureza esses preços tão salgados :O Porém, adorei a amostra do livro no site da Taschen ^^

Flw e God bless
xD

luluonthesky disse...

Ah Ruby esse livro deve ser lindo de viver amiga!
Big Beijos

Gabriela Furtado disse...

Mais um livro para minha coleção de 'vou ler'
beijo, beijo

Julis disse...

que luxooo, quero esse livro. Audrey forever!

Ana Maria disse...

Que luxo!!!! Vou ver o link. Mas o preço... Mais um para a lista da famosa resposta "estou só olhando"!!!!

Niseloka disse...

Apesar de não conhecer.Deve ser muito interessante...

Dilberto L. Rosa disse...

Incrível como o fascínio que a Audrey exerce segue incólume mesmo depois de tantos anos de sua morte... Frutos de uma jovem de elegância ímpar, que compensou eventuais brechas em seu talento de atriz com seu inestimável carisma e sua presença igualmente marcante!

Tenha paciência, que você verá o preço baixando, baixando, baixando... Até um dia virar preço de gente e não forçar você a ficar tomando café em frente à livraria careira, tal como a bonequinha de luxo no filme, ré, ré!

Abração, minha cara!

Ruby disse...

Oh Dilberto, seu comentário me encheu de vaidade! Deus te ouça quanto ao preço do livro e vc tem razão, Audrey é um eterno ícone porque não só tinha beleza, ams carisma, compaixão e tudo de lindo que vc falou.

Luma Rosa disse...

Incrível as 100 primeiras páginas. Não conhecia as fotos "Green Maison", aliás, sei pouco dela! Green Maison é algum filme? Tinha bambis, muito verde, ela de cabelo solto... super natural, gostei! Foi como colocar doce na boca da criança e retirar! Boa semana! BEijus,

Lucimere disse...

bem, pelo preço pode-se imaginar a belezura.
obrigada pela visita.
bjosss