domingo, junho 20, 2010

Loucos por fama, a saga continua.

Pronto, ameaça cumprida! Vão mesmo lançar uma  biografia da moça cujo vestido curto causou a maior confusão numa universidade de São Paulo, ela mesma, Geisy Arruda (não sabendo que era possível foi lá e fez) Hehehehe!!!!
Essa parece mesmo disposta a esticar os 15 minutos de fama e  pertubar mais uns dias e tudo graças a mídia que adora dar espaço pra essa gente que apronta umas e outras e vira celebridade. 0_0
Lembro na época desse bafon de uma jornalista renomada saindo em defesa da moça com uma bela resenha-desabafo e fiquei chocada devido às proporções do caso, que na minha opinião não merecia tanta notoriedade. Brasillll!!!! But...
Quando li não acreditei. E me pus a pensar e logo me perguntei:
Será que alguém vai comprar?
Que programa de TV vai convidá-la pro lançamento exclusivo?
Será que vão transformar em filme?
Vai dar no The New York Times (foi nesse?) dessa vez?

Até hoje não entendo o porquê de tantos holofotes (e tá é demorando, viu?!), mas tudo bem, "nesse país em se plantando, tudo dá"! O que não se faz pra manter a fama quando não se tem talento e nem beleza, mas se conta com a sorte, muita sorte! Só isso explica. Se isso também serve de inspiração, aí vai:
A única coisa pior no mundo do que estar na boca dos outros, é não estar na boca de ninguém.
[ Oscar Wilde ]
Não vou dar muita moral, não. É coisa rápida, pelo menos aqui.
Post sem imagem, eu me rescuso a publicar.

20 comentários:

Jens disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jens disse...

Como assim, uma biografia? Não creio que esta moça tenha vivido o bastante para ter uma história de vida digna de ser contada em livro. Qual a sua grande realização existencial, além de exibir a calcinha em uma universidade de segunda classe? Bom, talvez o que venha por aí não seja um livro e sim uma revista em quadrinhos com 30 páginas, se tanto - quem sabe um "catecismo" ao estilo do velho Carlos Zéfiro.
Porém, é preciso reconhecer, a culpa é menos dela é mais da mídia fútil que, sem nenhuma responsabilidade social (a não ser a obrigação de ganhar dinheiro de qualquer modo), promove este tipo de gente irrelevante e amoral, cuja contribuição para a construção de uma sociedade melhor, mais justa e decente, é igual a um (ou mais) zero à esquerda.
São as celebridades miojos; isto é, de preparo e consumo rápido. Chegou, enfim, o futuro preconizado por Andy Wharol: cada vez mais nulidades conquistam seus 15 minutos de fama. Não vou me surpreender se, em breve tempo, esta moça protagonizar um filme pornô - o último e ilusório degrau para se manter no hall da fama. Se ela fosse uma pessoa sem estudo, teria pena da manipulação a que está sendo submetida. Como não é, já que se trata de uma universitária, só me resta o desprezo.

Beijo, Ruby.

(PS: reescrevi o comentário. O primeiro continha erros crassos de revisão).

Ruby disse...

Jens, por isso digo sempre que vc é Jensnio. Amei seu comentário, um dia ainda escrevo assim.

Mary disse...

amiga ruby, adorei o comment da amiga acima tb.. estou com ela a culpa maior da fulaninha ainda estar na mídia é da própria mídia que dá espaço e explora histórias sem sentido algum.. uma pena.. qdo vi a fulaninha na tv pela primeira vez juro que não imaginei que até hj teria que aguentá-la qdo "zapeio" de canal.. bjos mil e ótimo domingo..

Hakime Goul Djounoubi disse...

Comment allez vous, mon amie? Bien?

Muito bem, vamos lá. Recordo-me que quando saiu na media de massa o caso dessa moça, eu não sabia o que pensar. Estamos no Brasil, e é um contra-senso (será que é assim que se escreve? Háhá, depois de tanta reforma, nem sei mais escrever português) imaginar que com tanta liberalidade sexual em nossa sociedade, ainda haja posturas reguladoras por parte de certos sectores. Claro, uma universidade não é uma praia, mas mesmo assim, essa moça pode não ser bonita e nem ter aquele cérebro enorme, e isso não dava aos colegas o direito de maltratá-la. Numa democracia laica (oficialmente o Brasil é uma teocracia estilo talebã?) isso é inaceitável.

Agora, mesmo que o Andy Warhol tenha profetizado que "todos terão seus quinze minutos de fama no futuro", não vale a pena uma atitude dessas. Creio que publicando um livro autobiográfico, a valer-se desse episódio de sua vida, esta senhorita está a defender não a democracia, mas o seu direito de ser mesmo uma pessoa que perde seu tempo com coisas sem grande importância. Não falo de sua vida, falo de uma mancha em sua vida que deveria ser simplesmente apagada. Será que ela sentiu-se realmente magoada? Parece que gostou de aparecer nos jornais...

Abraços, minha amiga, e bom domingo para ti.

Au revoir, félicitatios pour ton blog.

Hakime Goul Djounoubi disse...

Claro que sabes escrever sim! Se calhar, deverias TU lancares um livro, pois tens sinceridade, carisma e sabes interagir muito bem com o público que te frequenta.

Até mais, chérie!

Mary_Flor disse...

Realmente esta notícia de u o que falar.
No nosso país é assim.
Tudo acaba em livro, filme e pra acompanhamento..pizza!
ótimo post!
Bjão!

evipensieri disse...

Biografia ?

Realmente, é o final dos tempos ...

Bjs.
Elvira

Lulu on the Sky® disse...

Na boa, não gasto meu dinheiro comprando um livro dela. Big Beijos

Dani disse...

hahahahahaha
Jurooo fiquei sabendo hoje num site.
Que maluquice é essa?
Obscura personagem lança livro???
Que país é esse????
Que consome merda e bate palmas?
Droga!
Podia vestir um vestido rosa, que eu detesto, e rebolar a busanfa no centrão daqui..e virar celebridade.
Hahahahahaha
Que tu acha Ruby???
hahahahahaha
Ahh ou viro uma Pin Up estilizada..mais " gramour"
hahahahaha
beijooo

Faxina

Lulu on the Sky® disse...

Deixei meme pra vc.

Denise disse...

Olha, sinceramente? Eu acho que ela está certíssima em aproveitar pra entupir o fiofó de dinheiro. É escroto? É.. É sem sentido? Também é. Mas ela está aproveitando o momento.. O povo gosta disso mesmo.. Vide Tati Quebra Barraco, Mulher Melancia, Mulher melão, mulher sei lá o que.. Se elas podem ganhar dinheiro, por que a moça do vestidinho curto que causou na faculdade não? ehehehe... E assim a vida vai seguindo.. de futilidade em futilidade...
Afinal, ela sabe que um dia isso vai passar, e tem que aproveitar o máximo.. Alguém aqui ainda se lembra da Tiazinha?
Bjs

Rebeca Amaral disse...

um bando de sensacionalistas!

isso me dói. sério, mesmo.

Julis disse...

o problema é que aqui nesse país as pessoas gostam de dar ibope pra esse tipo de gente, aquelas mulheres frutas tbm são um bom exemplo disso e ai qdo se fala na morte de Saramago que aconteceu há alguns dias, ninguém sabe quem é... Massa é burra!

Janaina disse...

Lançar um livro sobre essa pessoa,que exagero!

Karen Kremes (Karkr Napon) disse...

Olá Ruby!
AMEI seu comentário ;D
E sobre o John Travolta, a esposa dele terá gêmeos ^^

Nem fale, também vi a notícia da biografia da Geisy Arruda, concordo com tudo que você disse sobre o caso. Mais uma que causou escândalo e virou "celebridade" por isso. Pois é, o pessoal faz qualquer coisa pra ficar famoso e o pior é que a mídia apóia esse tipo de gente com a mente deturpada. Realmente... Ninguém merece.

Flw e God bless
Karen Kremes (Karkr Napon)
xD

Luma Rosa disse...

Não há muito a acrescentar e só tenho uma pergunta e uma afirmativa a fazer: Quem irá comprar os livros? E como o mundo gira em torno do sexo, ela deve estar transando com a pessoa certa! Beijus,

Marilyn disse...

Não desmereço a história de ninguém, mas lançar biografia assim... do nada... acaba deixando tudo tão superficial.
Não entendo muito essa menina, não sei o que ela pretende... ficar na mídia sem fazer nada dá grana? Envolver-se em polêmicas também? De tanto fuxico que aparece, ela acaba ficando tão antipatizada sem ter feito nada de concreto, nem de bom, nem de ruim. Muito passageira.
.
Ruby, querida, fiquemos em paz. Obrigada pelo seu comentário, é complicado falar sobre o que entristece, mas a gente aprende.
Beijo grande!

LisAnaHD disse...

A moça tem cara de nordestina... vamos ver se ela vai dizer de onde são os pais dela... com a cara que a dita cuja tem certamente o livro vai estourar no Nordeste.

Ruby disse...
Este comentário foi removido pelo autor.