terça-feira, março 09, 2010

Quem é que vai pagar por isso?

Parece que vai virar hábito, todos os dias receber uma enxurradas de notícias catastróficas como as desses poucos dias de 2010: tremores de terra, terremotos, tsunamis, furacões, enchentes, calor insuportável...é assustador, mas pelo que se vê, dias melhores não virão, não no que diz respeito à natureza, porque é tarde demais!
Quem se assustou com o filme 2012 e teve medo do ano chegar por achar que aconteceria o mesmo, pelo que se percebe, pode acontecer até antes, coisas piores. Sem exagerar, mas é verdade!
Se hoje a humanidade sofre essas agruras, está colhendo o que há muito tempo vem sendo plantado, gerações passadas deram o pontapé inicial e hoje, nós pagamos, e pior será pras gerações que hão de vir, consequências mais graves resultando em situações insustentáveis. A cada catástrofe anunciada, a gente imagina o que o povo sofre, vê o desespero e tenta se colocar no lugar, pedindo a Deus que nunca sejamos atingidos. Até algumas cidades já mudaram em metros sua localização geográfica devido a esses fenômenos. Quem imaginaria?!
Embora tenhamos consciência e tente se mudar a situação, é muito tarde, mesmo que continuemos a fazer o possível pra reverter o pouco que seja. Vivemos assim, a incerteza de um amanhã tranquilo, certos de que a qualquer hora a natureza vem cobrar pelo que lhe foi tirado. Eu tenho medo.

9 comentários:

Karen Kremes (Karkr Napon) disse...

Olá Ruby!
Obrigado pelo comentário ;D

Incrível post, para mim nada do que acontece é novidade, mas sim o sinal do fim dos tempos, anunciados por Jesus na Bíblia a tantos milhares de anos. É como você disse, o homem está colhendo o que plantou. Não há dúvidas de que tudo que acontece no filme 2012 tem chances de ocorrer a qualquer momento. Só tenho uma certeza: Jesus está voltando.

Grande e forte abraço
Deus abençoe sempre!
Karen Kremes (Karkr Napon)

Agatha disse...

Nem me fale, se eu chegar em janeiro de 2013 vou ficar bem mais aliviada, isso tudo esta me assustando sabe o_o
beijos

Lulu on the Sky® disse...

Ruby, do jeito que a coisa anda agora a pergunta q não quer calar é se a gente chega em 2012.
Big Beijos

karen disse...

Verdade mana, estamos colhendo o q plantamos, eu não consegui nem assistir esse filme 2012!
Me pergunto todos os dias se vamos chegar em 2012, 2013 ( segundo alguns q se dizem " profetas" ) falam q 2013 será o fim...Mas, já estamos vivendo o fim do mundo, aos poucos, mais estamos, com cidades q se acabam com chuvas ou derremotos..Aqui em Fortaleza, estamos nos acabando com o calor, cada dia uma ou duas pessoa morrem e várias desmaiam com esse calor infernal. Teremos que rezar muito, porque a cada dia o castigo vai piorando...

Ruby disse...

Mana, que alegria te ver por aqui. Tem razão em td q disse aí, é o fim sim, as profecias se cumprem mesmo. Deus tenha misericórdia da humanidade.

Rebeca Amaral disse...

Ai eu também. É tanta tragédia, que eu tenho até medo de ver jornal hoje em dia. Eu fui acordar pra essa questão ambiental depois dos dois terremotos. Muito tenso!

Ah, amei sei blog. Parabéns, as imagens são fantásticas e tudo tá lindo. Um beijo!

Letízia P. disse...

XoX é o fim do mundo, Ruby!
Pior que a gente sabe que pode amenizar a destruição, mas nós continuamos destruindo o planeta como se nada mais importasse.
E depois o povo reclama...
Beijos

Denise disse...

A natureza está devolvendo a nós todas as agressões que sofreu por anos e mais anos e mais aaaaaaaaaanos seguidos (ou seria séculos né).. E infelizmente eu não vejo melhora. As pessoas não levam nada disso a sério, o que é assustador. Há uns dias atrás vi uma reportagem no uol (pena q não guardei o link) em que uma grande porcentagem de estadunidenses não acreditavam em aquecimento global. Pois é.. Assim fica difícil..

Bjs

LisAnaHD disse...

O mundo sempre sofreu essas catástrofes naturais aviltantes. Provavelmente o relato bíblico sobre o Noé e o Dilúvio foi devido a alguma chuvarada lascada mesmo pq outras culturas tb abordaram a assunto... cada um contando a seu modo, mas com muita similaridade entre todos os relados... naquele tempo os meios de comunicação não se alastravam num piscar de olhos pq a tecnologia não existia e qdo passou a existir era lenta... mas basta darmos uma repassada via Wikipedia e aprenderemos num piscar de olhos que esses países todos já passaram por isso em peso muito maior. E estudando a Roma antiga aprendemos que não há nada de novo no front... na década de 80 a Cidade do México quase se acabou com um terremoto, na década de 60 o mesmo havia acontecido no Chile, no século 18 Lisboa não foi totalmente dizimada por pouco com o terremto que abalou a Europa toda, tamanho o susto!

Outro exemplo é a região hoje conhecida como Finlândia, aquele vasta região verde, era puro gelo... o clima foi se esquentando, o gelo derretendo... o deserto Sahara já foi uma tremenda área verde... quem o desmatou? quem aqueceu o globo terrestre praquilo virar em deserto?

Sim, hoje ocorrem desastres ecológicos diretamente provocados pelo homem, por exemplo qdo de um vazamento de óleo no oceano ou qdo uma caminhão-tanque carregado de algum produto químico derrama tudo numa estrada ou qdo o homem desmata a Mata Atlântica e a Amazônia, porém na grande maioria das vezes essas catátrofes a que temos visto últimamente, catástrofes da própria natureza, não têm a ver com a ação do homem.

Ah sim, esses desastres naturais ocorriam com frequência nos tempos bíblicos e a cada vez os profetas achavam que era a ira de Deus, daí o livro de Apocalipse. Pena que quem prega o final dos tempos não sabe por exemplo da História Chinesa, nem da Japonesa... ajudaria muito pra aprenderem sobre desastres naturais que nada absolutamente nada têm a ver com o tão pregado Apocalipse... assim como Eva não comeu a maçã... rs... rs... e menos ainda foi a primeira mulher na face da terra.

Na Europa e nos EUA todos os anos muita gente morre pelo calor e outros morrem pelo frio... sem ar condicionado em casa no verão e sem aquecimento no inverno, morre mesmo. E em tempos atrás, antes do descobrimento do Brasil, muita gente morria na Europa por esse motivo qdo não existia tanto conforto no lar. Era comum as freiras morrem na mocidade por causa do frio que passavam nos conventos. A Peste Bulbônica (Peste Negra) ocorreu duas vezes na Europa e foi uma dizimação tremenda da população que o povo supersticioso chegou a ter certeza da Jesus (diga-se Fim do Mundo) naquele tempo e a vida continuou e continua e continuará... e João, autor do Apocalipse, escreveu o que escreveu inspirado em tudo o que havia lido em Daniel, Isaías, Ezequiel, e nos acontecimentos da época em que os cristãos viviam sob o jugo de imperados, césares por vezes tiranos crudelíssimos... è la nave va.