segunda-feira, novembro 30, 2009

Alô!!!!


Caramba! Que sumida longa, né? Tou viva, gente, mas muito atarefada. Fim de ano é sempre assim, muita coisa pra fazer e pouco tepo, isso sem falar que quando a gente procura por ele, já se foi.
Fechar ano letivo é fogo! E nos fins de semana, estudar em curso preparatório reforça mais ainda a correria, ou seja, não tou com tempo pra nada que não seja trabalhar e frequentar as aulas. E será assim até fins da primeira quinzena de dezembro. Cansaço e estresse estão sendo inevitáveis.
Vim só pra dar notícia e dizer que o blog não tá abandonado, pelo menos de vez. Espero melhorar breve e dar mais assistência. Torçam por mim.

terça-feira, novembro 03, 2009

Me add /Me convida

Não, eu não quero fazer parte, o título diz respeito apenas à maneira de ingressar do atual e o futuro.
Bora lá: O velho e sem graça Orkut promete estar de cara nova. Totalmente reformulado. Já é sem tempo a mudança, pois caducou, pelo menos na minha humilde opinião. Já não uso faz muito tempo, perdeu a graça e larguei, tenho facebook, que é bem mais interessante, se bem que esses sites de relacionamento eu mal uso, porque pra mim, o que tem de melhor são as boas comunidades onde as pessoas podem trocar ideias, opinar, discutir o que é proposto, dizer o que pensa, mas essas nunca passaram de um 'acessório de enfeite' para o usuário, (tem gente que tem mais quinhentas comunidades no seu orkut, quando na verdade, nunca sequer visitou uma) haja visto nunca funcionarem nem de longe com a enorme quantidade de 'participantes' que as compõem, os usuários só tem orkut pra exibir a figura, um monte de foto e recadinhos, muitos sem noção com o fim  de receberem respostas pra aumentar os seus, como se isso representasse popularidades, ibope, vai se saber. Por essas e outras, eu acabei abandonando.  Agora, quem sabe esse novo seja melhor, até porque muitas pessoas já não eram mais atraídas pelo orkut como antes e com isso outros sites acabaram tirando proveito, pois uma boa  parcela de usuários insatisfeitos migraram ou largaram o seu.
Hoje, li que o primeiro usuário é um ator contratado pra divulgar e que seu  sobrenome é Mied. Lógico que é intencional, já que o nome faz um trocadilho com a famosa frase me add. Resta saber se vai demorar muito a simplesmente dizer me add e facilmente fazer parte da lista de amigos do usuário como é atualmente ou a onda do convite vai durar como era no início da febre orkut. Quem tiver interesse e conseguir entrar, conta pra gente.

segunda-feira, novembro 02, 2009

Design
Cada coisa! Me deparei com essas sandálias  em alguns sites de conteúdo fashion e até me assustei pensando: será que realmente elas são pra usar? Porque mais parecem esculturas ou será que são como a moda dos desfiles, que se vê coisas absurdas que não dá pra usar, só são pra desfile mesmo e não dá pra se entender (pelo menos eu). Trata-se de Chau Har Lee, uma jovem designer, que terminou este ano um mestrado no respeitado Royal College of Art, Londres. Feitas em materias
como madeira, acrílico, metais. Mas com certeza são apenas obras da estilistas, se bem que acho que até adaptando pra uso ficariam bonitas, mas creio que dessa forma não dá pra usar, é muito desconforto, até algumas lindas que compramos maltratam os pés, imagine algo parecido com essas mostradas. Tem muitas outras, mas todas no mesmo estilo inimagináveis  de se por nos pés. pelo menos chamam a atenção pela ousadia, já que em matéria de  praticidade não tem como. A preta seria linda, se fosse em couro, maleável e pra se usar.


domingo, novembro 01, 2009

Shokay
Não é uma prévia para o halloween, muito menos um pós, é de verdade. Lindsay Lohan,  LiLo, aquela garotinha que se vê de vez em quando  em filmes da sessão da tarde se transformou nisso. E olha que tem apenas 21 anos. Dá pra crer? Resultado de uma vida totalmente desregrada. muito álcool, sexo e drogas, noitadas, vícios fatais que a levam estão levando a atriz a envelhecer  precocemente ( e muito). Se transformou num monstro. É o mínimo que se pode dizer diante dessa imagem decadente. Tinha tudo pra ser diferente. Beleza, juventude, fama, nome. Acho que essas estrelas que começam muito cedo, perdem realmente a infância e acabam se transformando em suas próprias vítimas, uma vez que não sabem lidar com as conquistas. São transtornadas e a vida perde o sentido, porque levar uma vida assim, não tem motivo. Pobre garota! Tomara que enxergue a tempo o que faz consigo mesma e consiga dar a volta por cima!