sábado, agosto 29, 2009

INVENÇÕES
Invento luares de agosto
E auroras boreais
Invento as noites mais frias
Invento as noites mais quentes
Invento crisântemos transparentes [...]
Invento o que só com amor
Se pode inventar
(Roseana Murray)
 
Invento de postar essas gracinhas de poemas porque ando muito ocupada e não tive nada, nem pensei em nada mais fofo.

segunda-feira, agosto 24, 2009

FILME

Adoro clássicos. Assisto com muita frequência. Sim, são em preto e branco a maioria, que tem isso pra quem ama? Compro em DVD e já tenho muitos. Diferente das resenhas e indicações de filmes atuais que se costumam postar, trago um clássico de 1961, com Audrey Hepburn, Shirley MacLaine e James Garner, The children's hour, Infâmia, em português (pouco sugestivo). Karen Wright (Audrey Hepburn) e Martha Dobie (Shirley MacLaine) dirigem uma escola interna para meninas ricas. Uma delas, por receber uma advertência, espalha uma mentira maliciosa que acaba em escândalo e provoca o fechamento da escola, destruindo a vida das duas. A garotinha, simplesmente maquiavélica, mimada e odiosa, consegue fazer com que todos acreditem em sua calúnia. Ela acusa as duas professoras de manterem um relacionamento lésbico. Segundo ela, Martha estaria com ciúmes do relacionamento de Karen com o Dr. Joe Cardin (Garner), médico da cidade. A avó acredita na menina tirando-a da escola, comportamento seguido pelos outros pais das alunas. Em poucos dias a escola está fechada. As professoras passam a ser perseguidas pela imprensa e hostilizadas por todos na cidade. Elas ficam isoladas por não suportarem os comentários e piadas. Até mesmo o noivo de uma delas acaba despedido do hospital. Na verdade, Martha é reprimida e carrega um segredo, sem falar na profunda admiração e carinho que nutre pela amiga Karen, o que desperta a desconfiança de sua tia. As duas abrem um processo por calúnia, a verdade aparece, mas já é tarde demais. Vale a pena.

sábado, agosto 15, 2009

MEME
Já bateu a síndrome de não saber o que postar. É só começar a trabalhar que a seca aparece. O tempo também contribui. Nesse caso então, 'vamapelar' pro de meme. Até porque é difícil postar.
Vi lá na Lulu.

1. Nome ? Ruby
2. Porque lhe deram esse nome ? Faço ideia não.
3. Você faz pedidos às estrelas ? Nunca
4. Quando foi a última vez que você chorou ? ontem
5. Gosta da sua letra? Demais
6. Gosta de pão com o quê? Com requeijão, goiabada, queijo branco, presunto de peru light, carne.
7.Quantos filhos você tem? Eu? Nenhum.
8. Como se chamam e quantos anos eles têm? Tem não, bebê.
9. Se você fosse outra pessoa, seria seu amigo ? Sim, seria.
10. Tem um diário? Só esse virtual, aberto a quem interessar. Mas tive muitos, que guardo até hoje.
11. Você é sarcástico ? Às vezes, quem não é?
12. Saltaria de bungee-jump ? Definitivamente não, morro de medo de altura.
13. Desamarra os sapatos antes de tirá-los ? Às vezes sim, se tenho pressa e os sapatos permitem sair sem desfazer o nó, não penso duas vezes.
14. Acredita que você seja uma pessoa forte ? Acho que por mais que se seja forte, há uma situação que somos vulneráveis. Não me considero forte.
15. Seu sorvete favorito ? Agora ferrou, porque eu amo sorvetes, amo de tapioca, castanha-do-pará, morango, flocos....
16. Quanto calça ? 35, pé de princesa.
17. Vermelho ou Preto ? Preto, não gosto de vermelho.
18. O que menos gosta em você? Impaciência, às vezes o descontrole.
19. O que mais gosta em você ? As pessoas riem com minhas conversas, acho que quando pinta, o humor, sou legal e gostam. Também sou generosa.
20. De quem você sente saudades ? Meus pais, que já partiram.
21. Descreva que roupa e calçado você esta usando agora: Vestidinho de algodão da sonhart.
23. Qual foi a última coisa que comeu hoje? Jantei uma pizza.
24. O que você esta escutando agora? Brooke Fraser
25. A última pessoa com quem falou ao telefone? Nívea
26. Bebida favorita? Suco.
27. Comida favorita? strogonoff, comida japonesa, churrasco, saladas.
28. Filme de terror ou com final feliz? Final feliz, porque nem de terror eu gosto e sequer vejo.
29. Último filme que viu no cinema e com quem? Operação Valquíria, com amigos.
30. Dia Favorito do ano? Aquele que eu rio muito e me sinto muito feliz.
31. Inverno ou verão? Inverno.
32. Beijos ou abraços? Os dois.
33. Sobremesa favorita? Musse.
34. Quem você acha que vai te responder? Assim como peguei por conta própria, creio que algumas pessoas possam fazer também.
35. Quem você acha que não irá te responder? Ah, eu não imagino.
36. Que livro está lendo ? Nenhum.
37. O que tem na parede do seu quarto ? mural cheio de fotos e recortes lindos, minipôsters de filmes.
38. O que assistiu ontem à noite na TV ? Jornal.
39. Onde foi o lugar mais longe que você foi ? Argentina, quando fui a Foz do Iguaçu.

sábado, agosto 08, 2009

Das coisas que não fiz

Queria ser dessas pessoas que dizem "eu nunca me arrependo do que faço", mas nem nessa frase clichê eu acredito! Me entristece muito olhar prá trás, contabilizar e perceber que muitas coisas poderiam ter sido diferentes, poderia ter feito coisas que trariam bons resultados hoje, se as atitudes fossem outras, o modo de pensar, mas a inexperiência e incapacidade de visualisar o futuro acabaram ofuscando, resultando em perdas, tristezas e algumas frustrações, embora o ditado diga que nunca é tarde pra...isso ou aquilo, no fundo a gente sabe bem que não tão fácil assim, além de se descobrir que se causou decepção em outras pessoas. Escolhas que poderiam ter sido feitas e não foram, mesmo acreditando que quando alguém tem de ser ou de fazer, no momento certo, na hora exata, tá marcado e vai acontecer. Vendo domingo no Fantástico a entrevista da Susan Boyle, a repórter falava onde esteve escondido esse fenômeno? E ela confessou modestamente: Talento, eu? Acho que foi apenas uma questão de oportunidade”, concordo, mas ainda acho que ia acontecer na vida dela, só não era chegada a hora. Seria bom chegar a um certo estágio da vida e não tomar como exemplo os versos de epitáfio dos Titãs, "devia ter...mais/devia ter...menos. É chato o tempo passar e só depois entender algumas coisas.

"Queria ter aceitado
A vida como ela é
A cada um cabe alegrias
E a tristeza que vier..."

sábado, agosto 01, 2009

AUDREY


Mais um motivo pra amar a bonequinha de luxo Audrey Hepburn. Talentosa, bonita, elegante e inteligente. Engajada em causas sociais, deixou muita coisa bonita em atos e palavras.

Traduzindo:
Eu acredito em cor de rosa.
Acredito que sorrir é o melhor pra se queimar calorias.
Eu acredito em beijar, beijar muito.
Acredito em ser forte quando tudo parece dar errado.
Eu acredito que as garotas felizes são as garotas mais bonitas.
Eu acredito que amanhã é um novo dia e eu acredito em milagres.