quarta-feira, fevereiro 25, 2009

FOI ASSIM...

Enquanto a maioria se esbalda na folia, eu me esbaldo na caranguejada, adooooro!!!!!!!
Em casa, só descansando muito, dormindo muito, pobre de mim que não tenho TV por assinatura e a TV aberta vai à forra tirando onda com a cara de quem s conta com ela, pois nada se aproveita nesse período (nem nos outros). Recorro mesmo ao DVD, não sou muito de ir ao cinema, prefiro esperar pacientemente e locar os filmes, aproveitei e vi alguns filmes:
*Atos que desafiam a morte
Catherine Zeta-Jones
Guy Pearce
*As crônicas de Nárnia - Principe Caspian
*O Clube da leitura de Jane Austen
*Amor e inocência
Anne Hathaway
James McAvoy

De resto, só muito vídeos no mara youtube.
E vamos que vamos, amanhã, trabalho, o retorno...

quinta-feira, fevereiro 19, 2009

COMPREI



"Fascinado pela Beleza - Alfred Hitchcock e Suas Atrizes" (Harmony Books) examina a vida, a carreira e os filmes do cineasta por meio das relações complexas e frequentemente chocantes com suas lendárias atrizes, entre elas Ingrid Bergman, Grace Kelly, Kim Novak e Tippi Hedren. O explosivo livro acompanha a ascensão de Hitchcock até atingir o poder e a fama internacional, seu gênio extraordinário, seu casamento não-convencional e suas obsessões. A história dramática e fascinante dos filmes e estrelas de Hitchcock, como ele lidava com os negócios e o poder corporativo, sua representação incomum de sexo e romance, e os sonhos de Hollywood que frequentemente se tornaram pesadelos. Este livro profundo é repleto de novas revelações baseadas em fitas que não haviam chegado ao conhecimento público e em novas entrevistas, correspondências e documentos privados fornecidos especialmente para Donald Spoto, biógrafo que dedicou mais de 30 anos de pesquisa para desvendar os segredos e mistérios do mestre do suspense.
Publicado no ano passado nos EUA, o livro encerra tardiamente uma trilogia iniciada em 1976. Naquele ano, após "muitas horas" de conversa com o cineasta, Spoto lançou "The Art of Alfred Hitchcock", comportada análise de filmografia que mereceu elogios do biografado.
Hitchcock apaixonou-se por Grace, Tippi Hedren e Ingrid Bergman. Para outras, ofereceu apenas frieza. Doris Day, magoada, quis se demitir; Anne Baxter desconfiou de que "não era bonita o bastante".





Recortes: Jornal Folha de S. Paulo - 2009

domingo, fevereiro 01, 2009

EM FEVEREIRO...
Post express, (coisa rápida).
Acabaram-se minhas férias, na verdade, há uma semana atrás, mas só amanhã o ano letivo de 2009 terá realmente início. Como se trata de uma trabalho árduo, que exige não só no local de trabalho, mas em casa, torna-se mais rara a atualização do blog, pelo menos até março, já que também estou estudando pra fazer uma prova de concurso. E a apostila é um terror de tão grande.
E as chuvas?
E a crise mundial? Prefiro nem mais assistir noticiários (medo).