quinta-feira, setembro 10, 2009

Banda larga via rede elétrica (PCL)
Primeira vez que vi e ouvi falar, me animei tanto que pensei:"finalmente uma maneira nova de acessar pela tomada uma net mais rápida e com menos problemas pra conexão. Okay! Alguns poucos meses depois, vejo que de fato o serviço (conhecida como PLC) vai por fim vigorar. Me animo e tal, leio e logo percebo que a coisa não é bem como eu pensava ser. Achei que seria você ligar na tomada e pagar na conta de energia (As concessionárias de energia não podem fornecer o acesso à internet diretamente). Santa ignorância, Ruby! O sistema de operadoras vai continuar firme e forte! Infelizmente! Quem quiser o sistema tem que fazer contrato com a operadora, só espero que não seja uma por região, que haja concorrência pra ter um serviço de qualidade. O valor a ser cobrado não se sabe ainda, mas se garante que será mais barata que a banda larga.
Como: para ter acesso à tecnologia, o usuário deverá contratar o serviço da operadora credenciada para comercializá-lo e adquirir um modem compatível com a tomada elétrica. O aparelho também pode ter uma antena para transmitir o sinal por Wi-Fi.
Legal: a conexão pode chegar a 21 (Mbps) megabits por segundo, mas essa velocidade não será,  necessariamente, repassada em sua totalidade para os clientes. Vamos aguardar, se alguém já usa, por favor, dá o depoimento.

Nenhum comentário: