sábado, outubro 18, 2008

EU QUERIA TER E SER

Eu queria um campo pra jogar com todos os meus amigos. Eu queria uma vida menos corrida. Eu queria uma vida menos confusa. Eu queria acordar vendo um cachoeira todo dia. Eu queria poder parar de procurar um amor. Eu queria poder dormir abraçadinha com alguém. Eu queria poder abrir a janela e olhar grandes montanhas forradas de verde. Eu queria poder dizer que sou feliz. Eu queria poder dar aula numa escolinha no interior, pra um monte de crianças inocentes. Eu queria ser mais compreensiva. Eu queria ter uma cabana, com gelo no teto e árvores em volta. Eu queria ser conquistadora. Eu queria saber cantar. Eu queria poder acordar com um grande café da amnhã em minha cama. Eu queria ver meu pai chegando e fingir que estava dormindo novamente. Eu queria saber dizer mais coisas agradáveis. Eu queria ser uma mulher que deixou algo pra alguém. Eu queria poder entender como os engravatados podem comer numa mesa onde o almoço é mais caro que o salário da maioria dos brasileiros e mesmo assim dormem tranqüilos. Eu queria ser uma mulher sem insônia, sem gastrite, sem dores tão fortes na alma. Eu também acho que amanhã bem cedo vou procurar realizar pelo menos algo disso, e você, o que acha?

(De Ferréz, partes){com pequenas adaptações} Muito lindo.

Nenhum comentário: