sábado, maio 27, 2006

ATCHIMMM!!!!




Tomei uma bela duma chuva no rabo e tou pagando caro pelo descuido.
Febre
garganta
dores no corpo
dor de cabeça.

Arranjei coragem pra passar por aqui agora.

quarta-feira, maio 17, 2006

VIDA




A vida muitas vezes parece tão pouca, meu Deus!
E existe em mim uma vontade enorme de fazer as coisas darem certo.
Simplesmente quero esquecer e procurar ser feliz da maneira mais doce possível.
Assoprar os dias. Tentar não cobrar mais o que não pode ser.
Não ficar tentando diferenciar o que é certo ou errado.
E pensando assim acordei feliz.
Porque a felicidade é um sentimento simples e leve como pluma.
E quanto ao amor? O amor é uma benção.
Ele está aqui pulsando, com suas letras em maiúsculo.
Jogado aos meus pés. Completamente exagerado.
Esperando você voltar e me surpreender novamente, me fazer perder a noção de espaço e tempo. Porque **"O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo...".
[Mario Quintana]

Faço minhas as suas palavras, Quintana.


Darlene Zschech - Call upon his name

domingo, maio 14, 2006

Nossa Mãe!!! Que dia lindo né, gente?! Já abraçou, falou coisas bonitas, agradeceu a ela por tudo e a Deus por ela?




Encontrei num site (não lembro) e traduzi, faz uns dias já. Se der pra você ler, vale a pena, não coloquei tudo por ser longo, mas as partes melhores são estas:

Quando você tinha 1 ano de idade, ela te alimentava e te dava banho,
e você agradecia chorando toda a noite.

Quando você tinha 2 anos ela te ensinou a andar,
e você agradecia fugindo quendo ela te chamava.

Quando você tinha 3 anos ela preparava tuas comidas
e você agradecia jogando a prato no chão.

Quando você tinha 4anos , ela te dava alguns lápis de cor,
e você agradecia rabiscando os móveis.

Quando você tinha 5 anos ela te arruamava pra festinha,
e você agradecia pulando na primeira poça de lama.

Quando você tinha 6 anos ela te matriculava na escola,
e você agradecia gritando, 'não vou'.

Quando você tinha 7 anos ela te comprava uma bola,
e você agradecia quebrando a vidraça do vizinho.

Quando você tinha 8 anos ela te dava sorvete,
e você agradecia sujando a roupa dela.

Quando você tinha 9 anos, ela te matriculou na aula de piano,
e você agradecia porque ela nunca te aborrecia pra treinar.

Quando você tinha 10 anos, ela te levava pra jogar futebol, pras festas de aniversário,
e você agradecia descendo do carro sem ao menos dizer obrigada.

Quando você tinha 11 anos, ela levava você e seus amigos ao cinema,
e você agradecia pedindo pra ela sentar em outra fileira.

Quando você tinha 12 anos, ela te advertia pra não assistir 'certos' programas na TV,
e você agradecia esperando ela dá as costas e mudar de canal

Quando você tinha 13 anos, ela sugeria um corte de cabelo da moda,
e você agradecia dizendo que ela não tinha bom gosto.

Quando você tinha 14 anos, ela deixava você acampar,
e você agradecia não escrevendo um simples bilhetinho.

Quando você tinha 15 anos, ela chegava do trabalho querendo um abraço,
e você agradecia trancando a porta do quarto.

Quando você tinha 16 anos, ela te ensinava a dirigir,
e você agradecia pegando o carro em qualquer oportunidade.

Quando você tinha 17 anos, ela esperava um telefonema importante,
e você agradecia ficando pendurado no telefone a noite quase toda.

Quando você tinha 18, ela chorou na sua formatura do 2º grau,
e você agradecia estando fora a noite toda na festa.
........
Quando você tinha 23 ela te presentou com sua mobília pro seu 1º apartamento,
e você agradecia dizendo aos amigos que era feia.
.........
Quando você estava com 30 anos, ela ligava pra dar algumas dicas de como lidar como seu filho,
você agadecia dizendo que as coisas eram diferentes agora.
.......
Quando você estava com 50 anos ela ligou lembrando a você o aniversário de alguns parentes,
você agradecia dizendo que isso era muito chato...
Um dia ela silenciosamente partiu e tudo que você não fez veio ao seu coração como um trovão. Se ela ainda está com você, não deixe passar as oportunidades, e faça-a saber como ela é importante e você a ama.


sábado, maio 06, 2006

É OU NÃO É? QUER OU NÃO QUER?




Gente, vocês conseguem entender uma pessoa que quer demais uma coisa e quando consegue simplesmente não se importa, larga pra lá? Eu comprei uns DVDs que queria muito, na minha viagem de férias, mas o pior é que nunca assisti. Queria umas cenas de uma antiga novela, consegui pelo Orkut uma (VHS) com uma menina da Bahia, paguei, ela mandou pelo correio e tudo, nunca assisti. Alguem pode explicar essa atitude, comportamento, maluquice, sei lá, chamem do que quiser...?



Amy Grant - I can only imagine

segunda-feira, maio 01, 2006

SEGUNDA-FEIRA ATÍPICA
Essa até o Garfield amaria. Bom ficar de pernas pro ar sem ter o que fazer, só aproveitando esses dias que tem sido pura moleza, muitos feriados. Sem programar nada, a dica é ficar por aqui mesmo.
Será que ainda dá tempo? Um filme. Um passeio de bicicleta. Arrumar o quarto. É, acho que vou fazer algo.


Hillsong _ Let us adore