sábado, outubro 01, 2005





Outubro chega e com ele trazendo esperanças, pelo menos pra mim. É engraçado como somos surpreendidos pelas voltas que não só o mundo, mas a vida dá, hoje, alheios a um acontecimento, mais tarde, no mesmo dia talvez, surpreendidos por algo que desaba sobre nossa cabeça e muda completamente o curso da nossa vida ou mesmo nossos planos. Tive uma semana vitoriosa, porque venci todos os obstáculos trazidos por ela, mas pega de surpresa por um um que jamais imaginei. Família, ao contrário do se diz, não está se distanciando da gente, pelo contrário, os laços estão cada vez mais unidos e muitas coisas vêm pra fortalecer o nó. Os irmãos, são tão importantes pra nós que a hipótese que algo possa ocorrer a eles já nos deixa angustiados. Esta semana nos surpreendeu com a possibilidade da minha irmã estar com câncer. Claro que sofremos um baque e a cada dia, a partir daquela terça-feira tem sido de esperança que essas suspeitas sejam falsas. Nessas horas, renovamos a nossa fé e colocamos nas mãos do Criador todas as nossas expectativas. Mas que é doloroso, é, principalmente numa familia cujo histórico é marcado por perdas, todas vitimadas por essa terrível doença, avó, pai, tias, o medo se torna mais visível. Mas o importante é não perder a fé e saber que a vida tanto o começo quanto o fim está nas mãos de Deus, porque dele, por ele e pra ele são todas as coisas. Que outubro traga coisas boas.

Nenhum comentário: