sexta-feira, maio 13, 2005

REALIDADE

A seção Educação da Revista Veja desta semana publicou uma reportagem onde me vi completamente exposta.
Fala da indisciplina na sala de aula. Esse, não é um problema novo, é um problema que a cada ano está piorando e que apavora os professores, fazendo com que a maioria desenvolva fobias. A verdade é que não está nada fácil ser
professor. Eu, que trabalho em escola privada e elitizada, posso assinar embaixo onde os entrevistados falam.
Depoimentos verdadeiro e que são exatamente iguais ao meus. Confesso que chego em casa, às vezes, completamente arrasada e impotente diante de situações que desafiam meus limites e me deixam inteiramente física e mentalmente desgastada, isso sem falar na preocupação angustiante do dia seguinte, quando você está em casa e deveria estar completamente desligada e gera uma fonte de stress.
Eu não sei onde tudo isso vai dar, mas sei que chegou num ponto onde não se sabe mais o que fazer. De um lado "os clientes" (que sempre têm razão) alunos agora são tratados assim, a educação agora é vendida dessa forma e os pais que sempre ficam do lado dos filhos, lógico e do outro, os professores, pressionados por todas as partes.
O descaso com a presença do professor em sala de aula, a falta de respeito e limites, os filhos que não respeitam os pais, e estes já não sabem mais como lidar com eles, tudo isso acaba recaindo sobre nós. Os alunos nos tratam como "empregados" e ditam as normas. Aí eu pergunto: que qualidade tem o ensino onde impera a indisciplina? Onde as atitudes dos alunos acabam frustrando a nossa profissão que já é díficil? Depois a educação brasileira é taxada de ruim e não se sabe o motivo.
Não quero me estender no post, porque detesto post enormes.

"É menos traumatizante viver com mil animais do que com um ser humano".
Mas não podemos viver ilhados.

Amy Grant - Thy word

Nenhum comentário: