domingo, abril 24, 2005

Piada de muito mau gosto

Quisera fosse piada, mas é verdade. Eu no topo da minha magreza, coisa desejada por todas as mulheres, agora me vejo com um problema, eu acho que só pode ser emocional, porque esse não é o primeiro problema emocional que a moçoila aqui tem. Colesterol alto, pode uma coisa dessas!! É difícil de acreditar, mas eu vou sumir, porque eu estou praticamente vivendo de grelhados, saladas e frutas. Ok, tudo muito saudável, eu sei, mas tem que sair da linha também. Buááá!!!!! Eu quero meus refrigerantes, batatas-fritas, chips, sorvetes, ruffles e waffles, entre outras coisas. Não, Papai do Céu, isso não!!! É demais pra mim!
Obrigada, Andrea pelas dicas.

Desigualdades sociais


Já na expectativa da segundona que vem com tudo, essas últimas semanas tenho andado muito ocupada, fechar bismestre é sempre assim. Eu mulher proletária, com o ofício bem diferente da descrita por Jorge de Lima, mas nem por isso diminuta, já que a carga é a mesma em quantidade de trabalho, (lê, lê, lê, lê, lê, lê!!!)

É fogo!!!

Olha, um calor insuportável. Um misto de tempo abafado, com nuvens, mas os céus se encontram completamente trancados e as águas da chuva não caem, (quer dizer, até caem, mas tão rápido que piora a situação) e nós
padecendo.

Horas depois...
Agora sim, chove lá fora e aqui não faz tanto frio, ou melhor nenhum frio, mas valeu demais, o tempo melhorou incomparavelmente mais que algumas horas atrás.

Nenhum comentário: