domingo, abril 03, 2005

PALAVRAS, APENAS...

Estive pensando, aliás, sempre penso nesse assunto: As palavras realmente têm poder?
Você acha que dependendo das coisas que você diz pode arruinar sua vida? Ou isso é bobagem?
Às vezes acredito nisso, outras não. Eu acho que quando você profere coisas más, elas tendem realmente a acontecer, mas quando é o contrário, acho difícil ou mesmo impossível que aconteça. Já andei lendo uns livros que tratam desse assunto, só que eu continuo achando o mesmo.

Lógico que a pessoa sábia, no entanto mede as palavras. A língua usada corretamente, pode apascentar o próximo (e a mim) e fazer-lhe o bem. Um elogio ou uma palavra de ânimo, podem estimular na vida e até motivar alguém, a procurar realizar seus sonhos. Claro que isso é evidente e não resta dúvidas, basta associar às críticas. Nossa língua não somente influi em nosso próprio destino, ela pode também alterar o destino daqueles que abençoamos ou amaldiçoamos (exagero?). É isso, as palavras têm poder, eu concluo, mas bem que deveriam ser só pras coisas boas, porque eu continuo acreditando que esse poder é mais pro quem não presta.



Nenhum comentário: