segunda-feira, abril 11, 2005

COMENDO COM OS OLHOS


Taí um dos pratos que mais amo, frango xadrez. Nossa, eu sou capaz de comer horrores e até cometer o pecado da gula. Vai a receita:

500 g de peito de frango, cozido e cortado em cubos
1 colher, de chá, de sal
1/3 de xícara de óleo
1 colher, de sopa, de gengibre ralado (ou 1 colher, de chá, de gengibre em pó)
1 pimentão vermelho, cortado em pedaços
1 pimentão verde, cortado em pedaços
1 cebola média, cortada em pedaços grandes
1/2 xícara de amendoins sem casca

Ingredientes para o molho:

1 xícara (chá) de caldo de galinha
7 colheres (sopa) de molho de soja shoyu
1 colher (sopa) de amido de milho diluído
2 colheres (sopa) de óleo

MODO DE PREPARO

Tempere o frango com sal e gengibre. Deixe descansar por alguns minutos e leve ao fogo uma frigideira funda. Coloque o óleo e frite o frango a té dourar. Depois, acrescente os pimentões, o salsão, a cebola e frite rapidamente. Coloque o molho e após levantar fervura, coloque aos poucos o amido de milho diluído, até formar um molho cremoso. Finalmente junte o óleo de gergelim. Coloque numa travessa e salpique o amendoim. Sirva quente acompanhado de arroz.

Tempere o frango com sal e gengibre. Deixe descansar por alguns minutos e leve ao fogo uma frigideira funda. Coloque o óleo e frite o frango a té dourar. Depois, acrescente os pimentões, o salsão, a cebola e frite rapidamente. Coloque o molho e após levantar fervura, coloque aos poucos o amido de milho diluído, até formar um molho cremoso. Finalmente junte o óleo de gergelim. Coloque numa travessa e salpique o amendoim. Sirva quente acompanhado de arroz.

Eu prefiro já prontinho nos restaurantes de comida chinesa, lá é mais gostoso do que preparado em casa.

PARTE II

DANDO SATISFAÇÕES

Sumi? É que dei uma viajada! Coisa rápida, mas séria. Fui fazer as provas de um concurso. Saímos na sexta-feira, pra São Luís, alugamos um ônibus exclusivamente pra nos levar, todos colegas e amigos, foi tudo bem na ida,chegamos lá, saímos pra diversão, até chegar o domingo, tínhamos tempo livre, após as provas, fomos todos almoçar lá pelas duas horas. Ok, voltar: Foi hilário. O motorista se perdeu tentando pegar um atalho, as estradas dispensam comentários, as piores possíveis, a maior algazarra no busão por esta e outras coisas, a galera tirava a maior onda com a cara do coitado, mas só lá na nossa parte. Bom, mas entre mortos e feridos, salvaram-se todas, só um atraso de mais ou menos três horas. Mas a provas foi difícil, não estou muito esperançosa quanto aprovação, vamos ver no que vai dar.

Nenhum comentário: