domingo, dezembro 05, 2004



A cidade já vive ares natalino. Decorações, luzes, piscas. É uma data
bonita, mas às vezes triste. Tudo fica diferente, irradia alegria, mas
pra mim ainda tem um lado triste, possivelmente seja pela aproximação do
fim do ano e isso também signifique o que acabou de vez. Penso muito no
que perdemos, que não haverá retorno, pessoas queridas principalmente, não
só a perda eterna, mas a longínqua. A gente vive falando no espírito natalino
que transformaram em consumo, mas não há como negar que é uma festa bonita,
e que o motivo mais bonito que o Natal é a união, quando as famílias se juntam
pra celebrar e desejar o que se tem de melhor, e mais, não dá pra omitir, todo
mundo quer ganhar presente.

IMPORTANTE: Não é só no Natal que devemos lembrar de Jesus, é o tempo todo,
deixar sempre o coração aberto pros belos sentimentos, em tempos difíceis, quando
o amor esfria e o homem já não tem mais fé, porque a violência impera e o medo é
constante, Jesus deve sim estar no coração, pra não deixar que esses sentimentos
adormeçam e que se mate de vez a esperança de que dias melhores sempre hão de vir.

Nenhum comentário: