domingo, março 12, 2017

Vendo e ouvindo

A Série da hora é Big Little lies, na HBO. Olha o elenco: Nicole Kidman, Reese Witherspoon, Shailene Woodley e Laura Dern. Já começa com depoimentos sobre um assassinato. A princípio, gira em torno de três mães de uma pequena cidade, que se aproximam por causa dos filhos que frequentam a mesma escola e sala. Ali começa uma rivalidade por conta de problemas com uma das crianças, da recém chegada Jane Chapman e a amizade instantânea com outras duas mães, que acaba causando problemas e divisões. A série funciona com a história se desenrolando enquanto as pessoas vão dando seus depoimentos à polícia. Está no terceiro episódio e é muito interessante. Aquela série que te faz querer solucionar o caso, levantar suspeitas e traçar o perfil de cada personagem, uma vez que tudo entre elas parece perfeito, mas a cada episódio algo vai se revelando e o espectador vai construindo pistas e tirando conclusões. Muito boa.

[A Música: Big Little Lies Theme - Michael Kiwanuka - Cold Little Heart] Conheci essa música na abertura da série. Muito bonita. Não conhecia Michael Kiwanuka.

A cada instante os personagens estão cantando ou ouvindo músicas. A trilha sonora é bem presente.

quarta-feira, março 01, 2017

Filmes

Esses dias de feriado longo planejei algo, mas saiu pela culatra, porque tomei mesmo foi uma gripe forte e mal estar, resultado: Vi alguns filmes pela TV paga, que não dá lá muitas opções, pela enxurrada de reprises e no menu sempre os mesmos filmes. Dentre os que vi destaquei esses: No TCult passou uma animação japonesa muito fofa. As memórias de Marnie.
O filme fala sobre a amizade de Anna, uma garota solitária, enviada por seus tutores para morar um tempo com seus tios à beira do mar para tratar da saúde, e Marnie, uma misteriosa jovem que Anna acredita ser fruto de sua mente. Em meios aos devaneios, desenhos e a vontade de ser uma menina normal Anna acaba encontrado o que desejava depois da experiência longe de casa e em meio a novas pessoas.
Outro filme interessante que por acaso acabei vendo foi o francês A linguagem do coração, que conta a história de Marie.

A garota tinha comportamento selvagem e a freira se viu à frente de um grande desafio que resultou numa história linda e comovente.
Final do século XIX, França. Marie Heurtin (Ariana Rivoire) é uma moça que nasceu cega e surda. Vivendo em seu próprio mundo, sem conseguir se comunicar, o pai dela a manda para um convento que que cuida de crianças surdas. Entretanto, devido à falta de condições para tratá-la, a madre superiora a recusa. Graças à insistência da freira Marie Margueritte (Isabelle Carré),  que diz que pode cuidar dela, mesmo com problemas de saúde, a  madre superiora volta atrás em sua decisão. Só que fazer com que Marie aprenda questões básicas de higiene e convívio com outras pessoas, não foi tarefa nem um pouco fácil para a a frágil freira que dedica muita paciência e carinho, e claro atinge seu objetivo. Baseado em fatos reais.

Ainda assisti um outro filme: O Exótico Hotel Marigold 2. Nunca tinha sequer ouvido falar e já vi o 2. É meio comédia e drama, porque o elenco quase todo é de pessoas já na terceira idade e os problemas dessa idade, tipo amor, solidão. Achei o elenco de peso, muita gente conhecida e respeitada no cinema inglês e americano, tipo Maggie Smith, Judi Dench, Richard Gere. Um pouco do enredo que se passa na India:
'Sonny Kapoor (Dev Patel) tenta encontrar tempo para expandir os negócios enquanto se prepara para o casamento com Sunaina (Tena Desae). O Hotel Marigold tem lotação praticamente esgotada e ele precisa de uma nova propriedade para receber novos hóspedes.' Interessante na minha opinião, mas não muito bom.

terça-feira, fevereiro 28, 2017

Tapete vermelho

Todo ano aquela coisa de melhor e pior vestido. Realmente é cada um lindo, mas quando dá pra ser feio, é um comentário total. Questão de gosto... já sabem, né?
Eu achei espetacular esse vestido Dior pra Kirsten Dunsten. Preto e sem nenhum detalhe chamativo, tipo brilhos, desenhos, bordados ou decotão V. Acho que os bolsos são a grande sacada do modelo e na saia volumosa a parte de trás. Ar meio gótico. Esse foi um dos mais lindos na minha opinião. Que acharam?
1950's vibes total!

segunda-feira, fevereiro 27, 2017

Girando


sexta-feira, fevereiro 24, 2017

Descanso

Olha o que desejo pra meu feriadão de carnaval, gente! Dias assim, pra ficar assim.
Só pra descansar mesmo. E você?